Ação e reação

Santa Casa, Viação São Roque e coleta de lixo. Três assuntos que estão em pauta com frequência na cidade. Essa semana finalmente a população terá a resposta que tanto aguarda. Uma mudança no transporte público municipal, que traz novamente a esperança para os que necessitam todos os dias desse serviço. Após inúmeras e diárias reclamações, com ônibus em situações precárias, falhas e poucas opções de horários em muitos bairros (ou até mesmo nenhuma nos finais de semana) a prefeitura enfim rompeu o contrato, que não permite esse tipo de negligência.

Já a Santa Casa de Misericórdia, instituição centenária, que enfrenta diversas dificuldades há muito tempo, está no ponto alto da crise. Uma assembleia reuniu funcionários da entidade e o sindicato que lutam pelo pagamento de seus salários e a revisão dos mesmos com o dissídio, além disso os salários de fevereiro seguem atrasados. Se até segunda (12) nada for resolvido a greve começará logo pela manhã. Ação e reação. A prefeitura por sua vez vai aumentar o repasse, mas quer que a administração seja substituída. Outro tema envolvendo a entidade nesta semana é sobre o repasse de parte dos valores arrecadados com o estacionamento do local. Ainda cabe recurso, mas se esta for mantida pela justiça como a decisão final, tal dinheiro poderia contribuir muito para amenizar os problemas financeiros que a Santa Casa já não sabe mais como sanar.

No dia 23 de março mais uma mudança está prevista para atender a população. Enfim a cidade terá, após seis anos, uma licitação para contratação da empresa que realizará a coleta de lixo. Inúmeros problemas e falhas são relatados diariamente pelos moradores, que estão vivendo com montanhas de lixo acumulado por dias nas portas de suas casas. Desde o ano passado, a empresa não consegue regularizar a coleta, pois vive com caminhões quebrados. Além disso, viver de contratos emergenciais não permite uma organização em longo prazo. Chega de “tapar o sol com a peneira”. Parece que um novo tempo se aproxima para essa gestão e ação, mudança e melhorias fazem parte das promessas que ainda precisam ser cumpridas.