AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

REGRAS. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) fixou novas regras para a produção de leite no país, especificando os padrões de identidade e qualidade do leite cru refrigerado, do pasteurizado e do tipo A. As mudanças foram publicadas na edição desta sexta-feira (30) no Diário Oficial da União. As Normas entram em vigor em 180 dias.

PRÊMIO. A Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do Ministério da Agricultura, recebeu na quarta-feira (28) duas premiações por ser a secretaria mais digitalizada da Esplanada. As premiações, troféus InovaGov, foram concedidas pela Plataforma de Cidadania Digital e fazem parte da 4ª Semana de Inovação em Gestão Pública.

CÃES. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, assinou portaria, que regulamenta o emprego de cães de detecção de odores (farejadores) nos procedimentos de fiscalização agropecuária. A assinatura aconteceu com a presença, no gabinete do ministro, do cão Léo, que fiscaliza voos internacionais que chegam em Brasília. Léo circulou pelo ministério, recebeu afagos e foi muito fotografado. A versatilidade destes animais é considerada grande, já que são capazes de vistoriar também correspondência, cargas, drogas e explosivos.

AGRO+INTEGRIDADE. Onze empresas receberam, em cerimônia de premiação no Ministério da Agricultura, o Selo Agro+ Integridade 2018. A entrega foi feita pelo ministro Blairo Maggi, que destacou a importância do respeito à legislação pelas empresas, não só a do país de origem, mas também a de países com os quais têm relação comercial e, sobretudo, enfatizou o valor da “transparência total e absoluta”. Segundo ele, condição essencial para preservar espaço no mercado.

MODERNIZAÇÃO. O Banco de desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) irão desenvolver uma aliança estratégica para promover a modernização da agricultura nas Américas. De acordo com o Diretor-Geral do IICA, Manuel Otero, o acordo irá mobilizar recursos de ambas as instituições estimular o investimento público e privado nos setores agrícola, florestal e pesqueiro e promover o desenvolvimento rural.

ARMAZENAGEM. Em palestra realizada em Brasília, o deputado federal Evair de Melo (PP-ES) criticou a falta de instrumentos para que os produtores rurais possam ser incentivados e, ao mesmo tempo, possam reduzir as perdas de grãos. “Nós temos muita política de incentivo à produção que é ‘empurrada’. Você produz e pergunta ‘e agora?’ Não tem caminhão, não tem estrada, não tem câmara fria, não há armazéns e o produtor acaba se perdendo”.

ARGENTINA. O plantio de soja da safra 2018/2019 avançou 7,9 pontos porcentuais na semana encerrada em 21 de novembro e alcançou 29,6% dos 17,9 milhões de hectares projetados para a temporada, segundo dados da Bolsa de Cereais de Buenos Aires. Os trabalhos estão com atraso de 4,4 pontos porcentuais ante igual período do ano passado, conforme relatório semanal, divulgado na quinta-feira (22). Os trabalhos de campo foram retomados lentamente após registro de chuva abundante até 13 de novembro. O volume acumulado de água causou alagamento em estradas e lavouras de Santa Fé, no leste de Córdoba e centro-norte de Buenos Aires.

INVESTIMENTO. A secretária de Desenvolvimento Rural, Anne Hazlett, anunciou que o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) está investindo US $ 291 milhões para construir ou melhorar a infra-estrutura comunitária e serviços essenciais para 761.000 residentes em 18 estados e Puerto Rico. “Instalações comunitárias modernas e infraestrutura são os principais impulsionadores da prosperidade rural”, disse Hazlett.

VISITA. A futura ministra da Agricultura, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, anunciou que será prioridade do novo governo levar projetos para o Nordeste que contribuam para a geração de renda e cidadania para a população. “E não tem instituição melhor do que a Embrapa para nos ajudar a pensar em tecnologias e projetos que poderão contribuir para esse desafio que nos foi posto pelo novo presidente da República para a nossa pasta”, destacou Tereza Cristina durante sua visita à reunião de gestores da Embrapa.

EDITOR. O jornalista Mauricio Picazo Galhardo tem 61 anos, é paulistano. Esteve por dois anos morando no exterior; na República Oriental do Uruguai, República do Paraguai e República Argentina. Em 2013 se interessou pelo setor do agronegócio, onde agora tem esta coluna semanal de noticias do agronegócio em geral. Também é o autor do quadrinho semanal Agro-Cartoon, publicada no site: www.agro-cartoons.blogspot.com.br. (Texto(s): MAPA, Agrolink, USDA)