AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

ESTADO DO RIO. Diversas propostas para incentivar o desenvolvimento e a modernização do agro no Rio foram apresentadas no dia 20 de fevereiro, durante o seminário “Possibilidades do Agronegócio no Estado do Rio de Janeiro”. Participaram do encontro na Sociedade Nacional de Agricultura (SNA) especialistas do setor, representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), membros da Academia Brasileira de Medicina Veterinária (Abramvet), entre outros.

PRESSÃO. Em janeiro, o índice que mede a variação de preços da Cesta de Mercado Total (IPCMT) apresentou acréscimo de 1,97%, em relação ao mês anterior. O indicador é calculado pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA), instituição de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, e apura o dispêndio das famílias paulistanas para aquisição de produtos alimentícios.

CORÉIA DO SUL. A Agência de Quarentena Animal e Vegetal da Coreia do Sul (APQA) anunciou a habilitação de mais nove estabelecimentos brasileiros para exportar carnes para seu mercado. Esses novos estabelecimentos habilitados já haviam cumprido com a etapa anterior, de autorização junto ao Ministério da Segurança dos Alimentos e Medicamentos (MFDS) daquele país.

ARMAZÉNS. Tomou posse à nova diretoria da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O novo presidente, Newton Araújo Silva Júnior, é funcionário de carreira da empresa há 40 anos e foi aplaudido pelos funcionários ao ser chamado para assinar o termo de posse. A ministra da Agricultura Teresa Cristina, informou que parte dos armazéns da companhia será leiloada nos próximos meses, por estar subutilizada.

REGULARIZAÇÃO. A ministra da Agricultura, informou aos senadores que a meta do governo é entregar 600 mil títulos de regularização fundiária aos assentados em todo o país. Os títulos são fundamentais para reduzir o que a ministra chamou de “insegurança total” no campo, porque permitem que os assentados tenham acesso ao crédito rural e aos programas do governo. “A agricultura familiar não consegue ter acesso ao crédito por problemas fundiários e por falta de assistência técnica. É preciso dar celeridade à entrega dos títulos e é isso que vamos fazer”, disse.

UM BILHÃO. Em depoimento na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado, Tereza Cristina informou que tentará aumentar para R$ 1 bilhão a verba destinada pelo governo ao seguro-rural, que garante os produtores em caso de prejuízos na safra. A verba destinada ao seguro na safra 2018/2019 é de R$ 440 milhões. A ministra informou que a meta é obter junto à área econômica mais R$ 600 milhões. Com isso, o seguro-rural, que hoje atende a 42 mil produtores em todo o país, poderá passar a atender, cerca de 150 mil produtores.

CRÉDITO. A ministra da Agricultura, se reuniu com o presidente do BNDES, Joaquim Levy, para tratar de novas linhas de crédito para investimentos no agronegócio. Na conversa, os dois acertaram, entre outros assuntos, que o banco vai ajudar a acelerar a implantação e validação do Cadastro Ambiental Rural (CAR). O cadastramento é imprescindível para que os produtores sejam habilitados a obter crédito no sistema financeiro.

INVESTIMENTO. A Secretaria de Agricultura dos Estados Unidos (no Brasil equivale ao MAPA) está investindo US $ 122 milhões, para expandir e atualizar sistemas elétricos rurais em varios estados. O financiamento inclui mais de US $ 7 milhões para financiar tecnologias de redes inteligentes para melhorar as operações do sistema e monitorar a segurança da rede. O secretario de Agricultura é Sonny Perdue.

CAFÉ. Um dos mais antigos hábitos do brasileiro – aquela tradição de tomar seu cafezinho “passado na hora” – tem adquirido novas roupagens com sabores e formas diferenciadas e registra aumento cada vez maior no consumo per capita. O consumo de café em no mundo foi estimado em 165 milhões de sacas de 60kg num período seguido de doze meses. E, no Brasil, maior produtor e exportador de café, o consumo foi calculado em 21 milhões de sacas anuais.

(Texto(s): SNA/Rio, Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Mapa, USDA)