AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

CLIMA. Foi realizada, em Campinas (SP), na sede na Embrapa Informática Agropecuária e, de tarde, na Embrapa Territorial, a segunda reunião do Grupo de Trabalho de Agrometeorologia do Ministério da Agricultura. O Grupo, criado em 21 de fevereiro, pretende aperfeiçoar o fornecimento de informações direcionadas à meteorologia agrícola com o objetivo de diagnosticar e propor novas formas de atuação do Mapa nos serviços ao setor.

CONECTIVIDADE. Produtores que se destacam no desenvolvimento da agricultura de base mais tecnológica têm acesso à internet nas sedes das propriedades e boa conectividade em pleno campo. Contudo, essa realidade não é presente para a maior parte dos agricultores do país, principalmente os de médio e pequeno porte.

EXPORINGO. Ao chegar ao município de Lagarto, em Sergipe, para a abertura da ExpoRingo 2019, grande feira regional do agronegócio, a ministra Tereza Cristina procurou tranquilizar os agricultores, principalmente os pequenos e médios produtores, afirmando que não faltarão recursos para o crédito rural no Plano Safra 2019/2020. “Não faltarão recursos, principalmente para o pequeno e o médio produtores. Fiquem absolutamente tranquilos. Para o pequeno, a gente vai focar na assistência técnica, independentemente do que ele quiser produzir, de sisal a gado de corte, passando por soja, milho, cebola, tomate” disse a ministra.

INVESTIMENTO. Nos Estados Unidos, a secretaria de agricultura daquele pais, está investindo US $ 116 milhões para ajudar a reconstruir e melhorar a infraestrutura de água rural para 171.000 americanos rurais em 23 estados. O USDA está trabalhando com parceiros locais para fornecer financiamento para vários projetos de infraestrutura de água e meio ambiente. O financiamento, pode ser usado para água potável, drenagem de águas pluviais e sistemas de eliminação de resíduos para comunidades rurais com até 10 mil habitantes.

BUENOS AIRES. O jornal argentino Clarin, noticiou a realização o Workshop de Bioeconomia, Desenvolvimento Territorial e Agricultura Familiar, que aconteceu na Bolsa de Grãos em Buenos Aires. O evento contou com a participação de professores, também de coordenadores de educação rural de escolas rurais que receberam capacitação para reduzir a geração de resíduos e maior uso de biomassa.

ALFACE. Com o impacto do alto volume de chuvas nas regiões produtoras de São Paulo, os preços das alfaces seguiram elevados durante a semana (25 a 29/03). Isso aconteceu em função do aumento do período de desenvolvimento das alfaces, devido à proximidade da safra de inverno e alagamento de grande parte das lavouras. As alfaces crespa e lisa se desvalorizaram 1,27%, tendo preço médio de R$ 21,39/cx com 20 unidades, em Ibiúna (SP).

FEIJÃO. Sempre que ocorre alteração de preço o feijão entra na pauta do dia. Ressuscita-se a discussão se o ingrediente tradicional do prato está ou não perdendo espaço na alimentação do brasileiro. A Pesquisa de Orçamento Familiar (POF/2009), do IBGE, aponta queda do consumo domiciliar do produto (que hoje estaria em 7,5 quilos per capita ao ano); e, outras fontes, como a Embrapa, que indicam que o consumo está estável em 14 quilos per capita ao ano.

FUNDAMENTAL. Sociedade Rural Brasileira é signatária de carta do IPA enviada ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sobre a importância da aprovação da reforma da previdência para o País. A Sociedade Rural Brasileira (SRB) vem a público manifestar apoio à reforma do Sistema Previdenciário Nacional, encaminhado pelo Poder Executivo ao Congresso Nacional, como forma de garantir a pavimentação do projeto de equilíbrio das contas públicas e para a retomada do desenvolvimento econômico do País.

EMBAIXADOR DO TURISMO. O presidente da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), Antonio Alvarenga, foi uma das personalidades homenageadas com o prêmio Embaixadores de Turismo do Rio de Janeiro. A cerimônia de entrega foi realizada na sede da Confederação Nacional do Comércio (CNC). O prêmio é concedido anualmente a personalidades que prestam serviços relevantes à cidade do Rio por meio de suas atividades profissionais.

EDITOR. O jornalista Mauricio Picazo Galhardo tem 61 anos, é paulistano. Esteve por dois anos morando no exterior; na República Oriental do Uruguai, República do Paraguai e República Argentina. Em 2013 se interessou pelo setor do agronegócio, onde agora tem esta coluna semanal de noticias do agronegócio em geral. Também é o autor do quadrinho semanal Agro-Cartoon, publicada no site: www.agro-cartoons.blogspot.com.br.(Texto(s): Mapa, USDA, Clarin, HfBrasil, Embrapa, SRB, SNA)