As estatísticas que precisam mudar

Um levantamento feito pela Secretaria de Segurança Pública do Estado mostrou esta semana apenas a “ponta do iceberg” da violência contra as mulheres. Na verdade, sabemos que mesmo com a Lei Maria da Penha, muitas outras medidas ainda precisam entrar em ação para dar força a esse tema e encorajar as mulheres que sofrem caladas qualquer tipo de agressão.

Para a pacata São Roque, três denúncias por semana pode parecer pouco, mas na verdade não é. A cada registro, dezenas ou centenas de casos continuam escondidos, afetando a vida de mulheres que sentem medo ou vergonha de encararem essa batalha.

Na última semana tratamos da violência contra os professores. Nesta semana, contra as mulheres. Nos jornais do Brasil a violência é geral. Guerras entre facções criminosas. Adolescentes empunhando armas contra colegas em sala de aula. A sociedade pode e deve mudar este cenário. A educação de acordo com a nova e realidade e os novos problemas do mundo, desde os primeiros anos da infância, é a esperança para que as histórias do futuro sejam diferentes.