‘Leaving Neverland’: documentário polêmico sobre Michael Jackson ganha trailer

Após chocar o Festival de Sundance por acusar explicitamente Michael Jackson de pedofilia , o documentário “Leaving Neverland” ganhou seu primeiro trailer oficial nesta terça-feira.

O vídeo traz alguns trechos dos depoimentos de dois homens, Wade Robson e Jimmy Safechuck, que dizem terem sido abusados sexualmente pelo Rei do Pop no rancho Neverland, propriedade de Michael Jackson, quando ainda eram crianças.

Depois da estreia em Sundance, “Leaving Neverland”, dirigido por Dan Reed, teve seus direitos de exibição adquiridos pela HBO. O documentário de quatro horas será exibido em duas partes na TV americana, nos dias 3 e 4 de março.

Procurada pelo GLOBO, a assessoria da HBO no Brasil afirma “não ter informações sobre esse título”. Segundo o site “IMDb”, além da estreia americana, o documentário será exibido na Dinamarca, no dia 8 de março.

Descrito como “perturbador”, “chocante” e “devastador”, o documentário “Leaving Neverland” vem sendo encarado como prova de que Michael Jackson realmente molestou menores de idade — uma acusação que circula há anos, mas sempre negada e jamais comprovada.

“Não há mais dúvida alguma”, exclamou o site “Indiewire” após a sessão do filme no Festival de Sundance.

Drigido pelo britânico Dan Reed, o longa apresenta entrevistas com duas vítimas. Wade Robson e James Safechuck, hoje na casa dos 30 anos, alegam que o cantor manteve um relacionamento com eles quando tinham 7 e 10 anos, respectivamente. Cartas, áudios de telefonemas e fotografias são apresentados como evidências do crime.

Os relatos são tão explícitos que a maior parte das resenhas sobre o filme evitou transcrevê-los. Antes da sessão, o diretor de Sundance afirmou aos espectadores que uma equipe de enfermeiros estava a postos para oferecer suporte caso alguém passasse mal.

Fonte: O Globo