Danúbio Azul deve assumir o transporte público de Ibiúna

A Viação Danúbio Azul deverá assumir o transporte coletivo rural e urbano em Ibiúna a partir do próximo dia 27 de julho. A empresa venceu a licitação realizada pela Prefeitura na última sexta-feira (5).

De acordo com a Ata, a Comissão Permanente de Licitações, após analisar toda a documentação apresentada pelas duas empresas que compareceram ao certame, habilitou apenas a Danúbio Azul/Raposo Tavares por ter atendido todas as exigências. A Auto Viação Veloz Transporte e Turismo Eireli, que opera atualmente de forma emergencial na cidade, foi desclassificada por ter deixado de apresentar documentos em desacordo com cinco itens do edital.

O prazo para impugnação da licitação é de 5 dias úteis após a publicação da Ata. Na próxima terça-feira (16), se não houver nenhum recurso, será publicada a data para a abertura do envelope de proposta que, de acordo com o edital de licitação, não poderá ser superior a R$ 4,10.

A empresa vencedora da concorrência deverá dispor de 46 coletivos, de uma frota total de 51 ônibus, incluindo a reserva técnica mínima de 10%.

Pelo menos 80% dos ônibus deverão possuir equipamentos que permitam acessibilidade (elevadores e/ou plataformas para acesso de usuários com necessidades especiais) já no início da operação. Ao final de doi anos de contrato, toda a frota deverá possuir equipamentos de acessibilidade, conforme determina a legislação.

A idade média da frota não poderá ser superior a 10 anos e a idade máxima não poderá ser superior a 14 anos. O contrato terá prazo de 10 anos, renovável por mais 10.

Matéria: Jornal do Povo