Departamento de Saúde intensifica vacinação contra a Febre Amarela

A cidade de São Roque intensifica a partir desta quinta-feira, 7, ação de prevenção contra a febre amarela.

A medida, promovida pelo Departamento de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica e Serviço de Zoonoses, tem por finalidade garantir a imunização da população residente e flutuante de toda cidade.

Neste ano, foram notificados e recolhidos 22 macacos e 13 resultaram positivos para a doença, um em fevereiro no bairro do Carmo, um em novembro no km 58,5 da Rodovia Raposo Tavares e mais  11 neste mês de dezembro, sendo três no Alto da Serra, cinco em Maylasky, um em Canguera, um na Campininha e mais um no Goianã. Dos restantes, sete deram negativo e dois aguardam resultados.

Portanto, nesta quinta e sexta-feira, todos os postos de saúde de São Roque estarão vacinando a população das 7h às 16h. E de segunda-feira, 11, até sexta-feira, dia 15, todas as Unidades Básicas de Saúde estarão funcionando das 7h às 19h visando imunizar a população do município contra a febre amarela.

A campanha será estendida a todos os postos, pois mesmo não havendo primatas não humanos com resultado positivo para febre amarela fora dos locais citados acima, essa ação contempla um raio de 5 km, o que acaba abrangendo todo o centro e demais áreas da cidade.

Já o horário estendido de funcionamento das unidades de saúde, a partir do dia 11, é para que toda população possa ter a oportunidade de receber a vacina, pois das 16h às 19h, muitos já estão fora do horário de expediente.

É importante frisar que a ação que será desenvolvida a partir desta quinta-feira, 7, tem caráter preventivo já que em São Roque, não foi detectado nenhum caso de febre amarela em humanos.

Não há motivo para pânico, pois nossa cidade dispõe de 50 mil doses da vacina para esta ação emergencial e levando-se em consideração as 38 mil pessoas imunizadas neste ano, o volume disponível é suficiente para proteger toda população da cidade.

A vacina que agora é dose única, é recomendada para pessoas de 9 meses a 60 anos de idade. Os moradores com mais de 60 anos só poderão tomar a dose segundo prescrição médica.

É imprescindível a apresentação da carteira de vacinação para as anotações que poderão ser utilizadas posteriormente para a emissão da carteira internacional de vacina, porém quem não tem a carteira poderá receber a dose da vacina normalmente.

A imunização não está indicada para gestantes, mulheres amamentando crianças com até seis meses e pessoas imunodeprimidas, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticoides em doses elevadas (portadores de Lúpus, por exemplo). Em caso de dúvida, é importante consultar o médico.

Relação das Unidades Básicas de Saúde de São Roque:

1-       CSII –                                6- São João Novo

2-       Unidade Central                7- Villágio Emília

3-       Vila Nova                           8- Maylasky

4-       Saboó                                9- Canguera

5-       Carmo                                10- Goianã