Anvisa identifica 90 marcas de cigarros sendo vendidas irregularmente nos comércios

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) divulgou na terça-feira (12) uma lista com 90 marcas de cigarro vendidas de forma irregular no país.

Segundo a agência, o produto é vendido a preços abaixo da tabela dos produtos regularizados e por isso se tornam mais acessíveis a crianças e adolescentes. Um relatório do Inca – Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva aponta que a estimativa da proporção de cigarros ilegais consumidos no Brasil, em 2017, foi de 38,5% do consumo total de cigarros.