“No futuro você ainda vai me agradecer”

A famosa frase que intitula o nosso editorial é em homenagem a todas as mamães do mundo, que com força, dedicação e coragem superam qualquer desafio para criarem seus filhos. Muitas, além de mães, são pais, chefes, cozinheiras e contadoras de histórias. Criar filhos bem sucedidos em meio a tantas informações e novos conceitos sociais tem sido uma missão quase impossível. O “não” nunca teve tanto valor nessa função e se faz necessário para que as crianças de hoje cresçam felizes, seguras e com o devido respeito ao próximo. A cobrança e a experiência de uma mãe ajudam a semear o bem, e a construir cidadãos prontos para exigirem seus direitos e cumprirem seus deveres. Parabéns a todas às mamães e a eterna gratidão por pensarem nesse futuro que sempre diziam!

Mais obediência e respeito

A Fenaesc, empresa contratada para administrar a Santa Casa no ano passado foi parar nas páginas policiais essa semana. O ex-diretor teve a prisão decretada por peculato, além de já ter outras passagens pela polícia, e a esposa dele já está detida. Uma triste surpresa para os são-roquenses, que um dia acreditaram que esta contratação seria um bom negócio para a saúde na cidade.

Em São Roque a população demonstra insatisfação com a falta da Zona Azul no centro da cidade. Não há rotatividade, os comerciantes também sofrem as consequências e, sem opção, o motorista tem que pagar o estacionamento. Até quando essa situação permanecerá? O tempo está indeterminado. Espera-se que no futuro próximo a população tenha motivos para agradecer essa longa espera.