“Nós podemos fazer mais que isso!”

Um bom dia começa com você dizendo… EU POSSO FAZER MAIS QUE ISSO!
A mãe estava em pé ao lado do leito do filhinho de apenas seis aninhos, portador de Leucemia e em estado terminal. Embora seu coração estive pesado de tristeza e angústia, como qualquer outra mãe, ela gostaria que ele crescesse e realizasse seus sonhos. Como isso não seria mais possível tomou-lhe a mãozinha e perguntou:

– Filho, você alguma vez já pensou o que gostaria de ser quando crescesse?

– Mamãe, eu sempre quis ser um bombeiro! A mãe sorriu e disse: – Vamos ver o que podemos fazer. Mais tarde, foi ao Corpo de Bombeiros e contou ao comandante a situação. Em seguida perguntou se seria possível o garoto dar uma volta no carro dos bombeiros. O chefe dos bombeiros, comovido e com os olhos marejados, disse:

–Nós podemos fazer mais que isso! Esteja amanhã mesmo com o seu filho pronto às sete horas. Nós o faremos um bombeiro honorário por um dia. Ele poderá ir para o quartel, comer conosco e sair para atender aos chamados de incêndio. Passe-me as medidas dele e faremos um uniforme completo de soldado para ele. Inclusive as botas e o chapéu. No dia seguinte vestiram o uniforme no garoto e o comandante o escoltou do leito do hospital até o caminhão de bombeiros. O menino ficou sentado na parte de trás do caminhão, e foi até o quartel central. Parecia-lhe estar no céu…

Ocorreram três chamados naquele dia e o garoto acompanhou todos os três sendo que em cada um deles, foi em veículos diferentes: no tanque, na van dos paramédicos e até no carro especial do chefe dos bombeiros. Todo o amor e atenção que foram dispensados ao menino acabaram comovendo-o tão profundamente, que ele viveu três meses a mais que o tempo previsto pelos médicos. Porém numa noite, suas funções vitais enfraqueceram e sua mãe pediu ao comandante se um bombeiro podia ficar ao lado do garoto até seu ultimo suspiro. Diante do pedido, o comandante respondeu: nós podemos fazer melhor que isto! Cinco minutos depois um enorme caminhão com escada chegou ao hospital, e logo estenderam a escada até o andar onde garoto estava e 16 bombeiros subiram por ela como se estivessem numa ação de salvamento.

Os heróis do fogo abraçaram o garotinho e disseram que o amavam. Com voz fraquinha, o menino olhou para o chefe e perguntou: eu sou mesmo um bombeiro?

— Sim, você é um dos melhores, disse ele. Ao ouvir essas palavras o garotinho bateu continência ao Comandante dos bombeiros, sorriu e fechou seus olhinhos para sempre. Seu corpinho foi levado ao cemitério no maior caminhão da corporação, e descido a sepultura ao toque de “Silêncio” executado por um soldado do fogo.
E você, diante dos pedidos de seus pais, irmãos, filhos, parentes e amigos, o que

faria? Diga sempre: EU POSSO FAZER MAIS QUE ISSO!

“E não nos cansemos de fazer o bem” – Gálatas 6.9.

Forte abraço e bom final de semana a todos meus leitores,

Sei irmão; Bispo Claudio Gonçalves que ia escrever apenas dez linhas, mas,

“EU PUDE FAZER MAIS QUE ISSO!”