O Barbeiro

Um homem cristão, foi ao barbeiro e enquanto seus cabelos eram cortados pelo profissional, a conversa corria solta sobre a existência de Deus, o criador de todas as coisas. Daí a pouco, o barbeiro incrédulo não aguentou e falou:

– Deixa disso meu caro! Deus não existe!

– É claro que Deus existe. Respondeu o cristão.

O barbeiro continua

– Se Deus existisse, não haveria tantos miseráveis passando fome! Olhe em sua volta e veja quanta tristeza. E só andar pelas ruas e enxergar!
O freguês pagou o corte e quando ia saindo da barbearia, avistou um maltrapilho imundo, com longos e feios cabelos, além da barba desgrenhada, suja, abaixo do pescoço.

Pegou o andarilho pela mão e o arrastou para dentro do salão do barbeiro e foi logo dizendo:

– Sabe de uma coisa, eu não acredito na existência de barbeiros!

– Como assim, riu o barbeiro.

– Se existissem barbeiros, não haveria pessoas como essa aqui, de cabelos e barbas compridas! É só olhar nas ruas, que verá este tipo de pessoa. O barbeiro por sua vez, foi logo se defendendo;

– Ora, claro que barbeiro existe. Prova disso sou eu, que acabei de cortar seu cabelo! Agora, este sujeito está assim, porque evidentemente faz tempo que não vai até um barbeiro!

– Que bom que agora você entendeu tudo a existência de Deus, respondeu o cristão!

Talvez o nosso Brasil, estivesse em melhores condições se ao invés de um brasileiro ficar acusando outro de ladrão, todos lembrassem um pouco do barbeiro (Jesus) e fossem até Ele pedir um pouco de sabedoria para viver melhor sob um regime mais sábio.

Ele disse uma palavra bem clara quando esteve aqui como homem, “Vinde a mim, vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei.” Mateus 11:28.

Talvez a nossa língua esteja precisando que o barbeiro celestial corte um pedacinho dela, para se falar menos e trabalhar mais pelo nosso país.

Abraços do Bispo que para por aqui, para que ninguém se atreva a querer cortar um pedacinho da sua língua!! Fuiiii!

Bispo Cláudio Gonçalves