Pastelaria em Sorocaba é atração com coxinhas ‘gigantes’ de 5 kg


A invenção de uma cozinheira fez com que uma simples pastelaria se tornasse um ponto turístico em Sorocaba. As famosas coxinhas “gigantes” do bairro Cajuru viraram atrações e recebem visitantes de várias cidades da região.
Entre a correria dos pedidos a serem feitos, a comerciante Zenir de Souza Santos Hassan, de 50 anos, recebeu a equipe do G1. Ela é a responsável por preparar o salgado de até cinco quilos, que serve um grupo de nove pessoas.

“É uma febre e o povo gosta. Virou um ponto turístico, as pessoas vêm conhecer a coxinha gigante. Sem miséria!”, explica.

Dona Zenir conta que trabalha com pastéis e coxinhas gigantes há cerca de seis anos. Os pastéis também não são modestos e chegam a pesar meio quilo, dependendo do recheio.

“Antes, a coxinha era de um quilo, aí foi aumentando até que fiz a de cinco quilos. Come como se fosse comida no prato. As pessoas chegam de outras cidades e tiram selfies.”

A cozinheira faz mais de 20 salgados gigantes por semana e os preços variam de R$ 10 a R$ 50, de acordo com o tamanho.

“Acho que a pessoa tem o direito de comer bem, por isso a coxinha tem mais recheio que o normal. É muito bom comer e saciar a fome”, continua.
Aos fins de semana, a pastelaria chega a receber 200 pessoas. A equipe da comerciante é composta por parentes, que ajudam na fritura, atendimento e preparo dos salgados, sempre montados pela cozinheira.

Segundo dona Zenir, a família já passou por dificuldades financeiras e, quando decidiu abrir a pastelaria, a meta era proporcionar uma boa experiência para os clientes.

“Tive uma vida sofrida, sempre passei muita necessidade. A gente teve muita vontade de comer. Quando tive condição boa, eu queria proporcionar o que não tive, que é comer bem.”

Um dos sonhos da cozinheira é entrar no livro dos recordes com a famosa coxinha. “Queria um dia entrar no livro dos recordes e fazer a maior e melhor coxinha do mundo!”, brinca Zenir.

Matéria: G1