Jovem é suspeita de incendiar casa para matar sogra, marido e a própria filha

Na última segunda-feira, dia 19, uma faxineira de 55 anos, moradora do bairro Vila Barreto, em Mairinque, abriu um boletim de ocorrência, após sua nora de 17 anos, supostamente ter incendiado sua casa.

Segundo informações da Polícia Militar, eles se dirigiram até o bairro para atender uma ocorrência de incêndio. Chegando no local, os policiais encontraram a proprietária casa, que informou aos agentes que estava dormindo na hora que começou o fogo.

Ao questionarem o motivo do incêndio, a mulher disse que a sua nora teria colocado fogo no local. Ainda de acordo com a faxineira, alguns dias antes, a jovem teria dito que iria matar a sogra, o marido e a própria filha.

O Corpo de Bombeiros esteve no local e controlou o incêndio. Felizmente, ninguém se feriu. Após a denúncia da proprietária da casa, os policiais iniciaram patrulhamento para tentar encontrar a jovem, porém, sem sucesso. Até o fechamento desta matéria, a jovem ainda não havia sido encontrada.