Jovem pede ajuda ao Conselho Tutelar após mãe e padrasto agredirem e fazerem ameaças

Uma conselheira tutelar do município de Araçariguama, abriu boletim de ocorrência nesta segunda-feira, 9, após duas adolescentes que são irmãs denunciar a mãe e o padrasto por agressão e ameaça.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a jovem de 17 anos pediu ajuda para a conselheira tutelar, pois ela e a irmã são constantemente agredidas e ameaçadas pelo padrasto e pela própria mãe.

Tentando atender ao pedido de ajuda da adolescente, a conselheira foi até a casa da jovem e lá encontrou a mãe da vítima e o padrasto bastante alterados.

A própria mãe juntamente do padrasto informaram que não veem a hora da jovem completar 18 anos para eles colocarem ela para fora de casa, tudo isso foi dito na presença da conselheira tutelar. O padrasto ainda disse na frente da conselheira que iria “arrebentar a jovem no cacete”, e proferiu diversas ameaças contra a jovem.

Não sendo possível um diálogo amigável, as conselheiras fizeram contato com um Promotor de Justiça, no qual orientou a vítima a passar por atendimento no P.S. local, para verificar se havia hematomas.

A conselheira tutelar foi orientada a abrir um boletim informando o caso para as autoridades policiais. A Polícia Civil vai investigar o crime.