Alckmin nomeia mais de mil novos policiais para a Civil e Técnico-Científica

Foto: Portal Governo SP

O governador Geraldo Alckmin assinou, nesta terça-feira, 18, a nomeação de 1.118 aprovados em concursos públicos para as polícias Civil e Técnico-Científica do Estado de São Paulo. São 1.040 cargos para policiais, 62 oficiais administrativos e 16 técnicos de laboratório.

“Estão terminando, essa semana, o curso de formação da Acadepol, novos delegados, investigadores e escrivães. Já estarão indo para suas atividades nos distritos policiais”, comentou Alckmin. “E, hoje, estamos assinando nomeações de outros 1.118 novos policiais”, destacou.

Para a Polícia Civil, serão nomeados 922 novos agentes: 74 delegados, 321 investigadores e 527 escrivães. Já a Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) passará a contar com mais 118 agentes, sendo 57 médicos legistas e 61 peritos.

A SPTC também receberá reforço para os quadros de apoio dos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML), com 16 técnicos de laboratório e 62 oficiais administrativos. Esses profissionais atuarão nos diversos núcleos policiais de São Paulo. A nomeação será publicada no Diário Oficial do Estado.

Nomeações

Desde 2011, o Governo do Estado investiu na contratação de 4.027 policiais civis, além dos futuros policiais nomeados nesta terça. Foram chamados 360 delegados, 1.260 investigadores, 1.215 escrivães, 537 agentes policiais, 400 agentes de telecomunicação, 149 papiloscopistas e 106 auxiliares de papiloscopista.

Da Técnico-Científica, desde 2011, foram nomeados 806 policiais: 175 médicos legistas, 283 peritos, 136 auxiliares de necropsia, 50 atendentes de necrotério, 143 fotógrafos e 19 desenhistas.

Polícia Militar

Desde 2011, foram contratados 23.779 policiais militares para reforçar o policiamento no Estado. Estão em formação mais 3.278 PMs, sendo 2.081 soldados e 447 alunos-oficiais. Além disso, estão em andamento concursos para selecionar 2.293 soldados, 131 alunos-oficiais e 74 tenentes-médicos.

Da Redação