Hora de trocar as cadeiras; como funciona a Assembleia Legislativa

Parte importante das decisões políticas, econômicas e sociais que serão tomadas em São Paulo pelos próximos quatro anos não estará nas mãos só do novo governador, mas também nas dos 94 deputados estaduais que serão eleitos em outubro com o seu voto.

É na Assembleia Legislativa que os parlamentares debatem e votam as leis, promovem discussões sobre temas como saúde, educação e segurança e aprovam o Orçamento, que define como e onde o nosso dinheiro será gasto.

“Essas funções são fundamentais, mas, infelizmente, há uma evidência a demonstrar que o eleitor é mal informado e presta pouca atenção na Assembleia”, afirmou o professor de ciências sociais da Universidade Presbiteriana Mackenzie Rogério Baptistini.

Esse desconhecimento e o voto por conveniência, muitas vezes interessado em eleger deputados que funcionem só como um “despachante dos municípios no governo do estado”, fazendo emendas para garantir verba para as cidades, deturpam o Legislativo e centralizam o poder no Executivo, segundo Baptistini.

“O eleitor precisa se interessar mais pelos temas da grande política, em vez de só agir moralmente, decidindo entre certo e errado, amigo e inimigo. Construir essa cultura passa pelo engajamento individual de cada um. Não virá de cima para baixo”, afirmou.

Leia mais sobre a Assembleia e as ferramentas que te ajudam a fiscalizar o trabalho dos deputados e a escolher o seu candidato.

artcasa1
artcasa2
artcasa3
artcasa4
artcasa5
artcasa6