Programa “Adote uma Praça ou Área Verde” já tem 14 locais para adoção em São Roque

O programa “Adote uma Praça ou Área Verde”, criado pelo Projeto de Lei nº 49/2017, cuja finalidade é desenvolver parcerias com a iniciativa privada, a fim de executar melhorias urbanísticas, paisagísticas, de manutenção e conservação de áreas públicas na cidade de São Roque já tem 14 áreas escolhida para adoção.

No último sábado foi publicado no Jornal Gazeta de São Paulo as primeira 8 empresas e pessoas físicas interessadas em adotarem 14 áreas em diversas partes de nossa cidade.

Os primeiros locais de interesse para a adoção são a Rua das Ameixas no Recanto das Acácias, Rua Ângelo Meneguesso com Av. João Pessoa, Rua Vereador Rodolfo Arthur Salvetti em frente a CPFL, Av. Bandeirantes na confluência com as Ruas Tibério Justo da Silva e Rua Loja Maçônica Labor, Rua Padre Marçal com Rua Sotero de Souza, Av. John Kennidy com Rua Capitão José Vicente de Moraes, Rodovia Quintino de Lima, Km. 1,9, Rua Tibério Justo da Silva com as Ruas Manoel da Costa e Paes Leme, Rua América com Rua Pedro Dante, Rua América com Av. Santa Rita, primeiro e último canteiro central da Av. Aracaí, rotatória da Rua José Bonifácio de Andrade e Silva com Ismael V. Campos, rotatória da Av. Brasil com Av. Varanguera, canteiro central da Av. Varanguera e Rua Paolo Sabatini com Rua Gérbera.

O projeto visa a adoção de medidas que resultem em benefícios para todos, pois a administração pública pode direcionar suas ações de conservação e manutenção de praças, canteiros e jardins da cidade, e o adotante associa o nome da sua empresa à questão ambiental, obtendo o reconhecimento da comunidade através do retorno publicitário adquirido.

Segundo o Projeto de Lei a adoção poderá ser efetuada tanto por pessoas físicas ou jurídicas que se proponham a executar as intervenções estruturais que tem por objetivo a realização de melhorias urbanísticas, paisagísticas, manutenção e conservação das áreas adotadas.

O Departamento de Planejamento e Meio Ambiente é o responsável não só pelo gerenciamento do programa, mas também acompanhará o desenvolvimento da execução, além de disponibilizar as áreas públicas para a adoção e oferecer suporte técnico e paisagístico ao adotante.

A empresa Adotante compromete-se a manter as áreas verdes limpas, conservadas e em perfeitas condições de uso para a comunidade, ao mesmo tempo em que divulga e valoriza sua marca.

Com isso a prefeitura passa a direcionar seu trabalho de manutenção e conservação das áreas públicas de forma mais racional, ágil e econômica.

Para o prefeito Claudio Góes, “Projetos como este são de extrema importância para a mobilização e conscientização das pessoas. É preciso que cada um tenha consciência socioambiental. Cuidar do meio ambiente é transformar o que já existe em algo muito melhor e com a implantação do “Adote uma Praça ou Área Verde”, quem ganha é a comunidade”.