Quanto tempo falta para você ser feliz?


Hoje eu quero te provocar com uma reflexão, quais são os seus planos para ser feliz? Sim! Porque muitas pessoas vivem como se a felicidade fosse uma conquista futura.

Para o jovem é natural pensar que a escolha da faculdade certa poderá lhe garantir um futuro promissor. Pensam que serão felizes e realizados no dia em que conseguirem um bom emprego e forem reconhecidos pelo seu trabalho. Para quem já chegou lá, a boa vida virá quando puderem ter mais tempo para curtir a família, viajar quando se aposentarem, para então abrirem um negócio com o dinheiro que entrou e viverem em paz e com liberdade financeira.

Alguns podem até jamais considerarem uma aposentadoria, pensando em viver ativamente até o fim da vida, que afinal será quando? Quando tempo você ainda tem para viver? Você sabe? Eu não sei, mas espero chegar aos 100!

Mas quem é que vive pensando na morte? Não dá! Esta é uma premissa que não passa pela nossa cabeça, porque é impossível viver sem fazer planos, sonhar com um futuro melhor e criar objetivos que nos motivem a caminhar.

Muitas são as visões que temos para definir felicidade. Porém, se existe algo que tendemos a perder é a nossa noção de tempo! Nunca temos tempo para nada e isto justifica a maioria das decisões de zona de conforto que nos mantém na mesmice de uma vida mais ou menos. Mais ou menos feliz. Mais ou menos próspera. Afinal, dinheiro não é sinônimo de felicidade, pensa o pobre. Não aquele que não tem dinheiro, mas aquele que não tem fé nas coisas novas que pode aprender a conquistar enquanto ainda está vivo.

Mas tudo muda quando ficamos doentes. Sem saúde, energia ou disposição para seguir. É o momento em que o tempo para cuidar da saúde ganha status de emergência. Aí percebemos que estamos na vida em contagem regressiva, cada dia é menos um no tempo que temos para ser feliz.

Por isto, lembre-se de uma coisa: Todo dia que você acorda e respira, é dia de ser feliz com o que você tem, enquanto constrói a vida que você quer. Montar seu plano de metas, definir as evidências, não viver só de aparências, mas de fato com muita fé no que você tem de bom para realizar com aquilo que já é e com o que pode vir a aprender.

Agradeça tudo o que tem e trabalhe com força, fé e determinação na superação dos seus erros. Cada pequeno passo na construção da realidade que você deseja levará você cada vez mais perto do destino ao qual deseja chegar. É preciso acreditar que você consegue!

Fracassos são só pontos de parada para alguém que está criando para si uma vida extraordinária.

Maria D’Arienzo – Astróloga e Master Coach