Aprovação do Plano Plurianual e de Moção de Repúdio ao MAM estiveram na pauta da Câmara Municipal

Confira o que de mais importante foi realizado ordinária na sessão ordinária desta terça-feira, finalizada com um minuto de silêncio em lembranças as vítimas da tragédia ocorrida no norte de Minas Gerais.

O Plano Plurianual elaborado pela Prefeitura Municipal de Ibiúna e que vem sendo debatido, inclusive com audiência pública (realizada em 14 de setembro), pelos vereadores, foi aprovado por unanimidade na sessão desta terça-feira, dia 10 de outubro.
O Plano estabelece as estratégias da Administração Pública para os anos de 2018, 2019, 2020 e 2021.

Moção de repúdio – Foi aprovado por 14 votos a favor e uma ausência a Moção de Repúdio para o curador do museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) por causa de um vídeo gravado dentro das instalações do museu, e que circula nas redes sociais, com o desempenho de um artista nu, no espaço da exposição “La Bête”, o qual os participantes são convidados a interagir: na filmagem, uma criança, acompanhada da mãe, é – como informa a moção – “estimulada por um adulto a tocar o corpo do artista que se apresentava nu.”

O autor da Moção, vereador Antônio Reginaldo Firmino, entre vários motivos defendendo sua aprovação, destaca legislação em defesa dos menores de idade e “o tamanho da gravidade”, “uma perversão erótica”, com crianças “colocadas em uma situação degradante.”

Após a aprovação, a presente Moção de Repúdio deve ser encaminhada ao curador do museu.

Minuto de silêncio – Ao fim da sessão, a pedido do vereador Ismael Pereira, foi respeitado um minuto de silêncio ao senhor Edson Belinazi, morador do bairro Piaí, conhecido radialista. Na oportunidade, os vereadores de Ibiúna aproveitaram e prestaram a mesma homenagem e reflexão às crianças e educadoras vítimas do trágico e criminoso incêndio numa creche em Janaúba/MG, semana passada