São Roque sobe categoria no Mapa do Turismo Brasileiro e se qualifica para receber mais investimentos federais

A geração de emprego e renda, o desenvolvimento econômico por meio do Turismo e a melhoria da infraestrutura para receber os visitantes fizeram com que Estância Turística de São Roque avançasse mais uma posição no Mapa de Turismo Brasileiro 2019-2021. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Turismo na última segunda-feira, 26.

Numa escala de A a E, o município subiu para a categoria B, o que possibilitará uma priorização de investimento do Ministério do Turismo, para diversas ações, incluindo infraestrutura turística, qualificação profissional e promoção do destino. “Estamos num momento de virada para o turismo brasileiro e contamos com este mapa para investir de forma adequada na melhoria das ações”, destacou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O Mapa do Turismo inclui 2.694 destinos brasileiros. Desses, 51 estão na categoria A; 155 na B; 424 na C e 1219 na E.

“É motivo de muita satisfação ver São Roque, a cada dia, se consolidando como Estância Turística, fortalecendo sua vocação e gerando emprego e renda na área”, comenta o diretor de Turismo, Márcio Feltrin.  “O avanço na categoria é reflexo do trabalho sério que estamos fazendo pelo desenvolvimento integral do município e também dos esforços de cada empreendedor, do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo) e demais parceiros. A cidade só tem a ganhar com esse avanço, pois, os investimentos atingem, não só os pontos turísticos, mas o município como um todo”, complementa o prefeito Claudio Góes.