Alunos aprendem plantar citronela para afastar mosquitos

Alunos do do Colégio Marista Cascavel, no oeste do Paraná, preocupados em afastar os mosquitos principalmente o Aedes aegypti, utilizaram uma técnica natural tanto para as pessoas quanto para o meio ambiente.Foi plantado diversas mudas de citronela, planta que tem como característica a capacidade repelente, para afastar os insetos do gramado da escola.

No decorrer do ano, diversos professores que trabalham com o PIS(Projeto de Intervenção Social) levantam temas de interesse dos alunos para que eles desenvolvam projetos. Após um encontro realizado em um gramado surgiu a idéia do plantio de citronela, para preservar e proteger o local dos mosquitos.

Para que as plantas pudessem crescer de maneira plena e dar resultado na ação repelente, foi necessário a consultoria de uma paisagista. Foi pesquisado as características da citronela e qual o melhor local para cultivá-la. “Os alunos ficaram muito felizes em acompanhar a evolução do projeto, que atingiu vários componentes curriculares”, explica a professora regente Ana Cristina Silveira.

“Aprendemos muito. Mapeamos o parque, medimos as citronelas e a distância com que elas deveriam ser plantadas”, conta a aluna Julia Pinto de Moura. “Com o tempo, percebi que o cheiro ficou mais forte e já não tinha mosquitos”, comemora o aluno Guilherme Sartor. O resultado foi uma melhora significativa no bem-estar durante o uso da área externa.

O projeto envolveu diferentes áreas de aprendizado,além do plantio. Foi trabalhada na matemática, por exemplo, a medida de comprimento e a extensão do parque. Em português foi aplicado à realização de textos no gênero poema e folder. Em ciências foram explorados os benefícios e os componentes da planta. Já na geografia, os alunos pesquisaram sobre a origem da citronela.