Cinco fatores que influem para o aparecimento de doenças vasculares

A genética é o que mais influencia nos casos de varizes, inchaço, trombose e dores nas pernas. A cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita diz que muitos dos problemas vasculares aparecem por conta da predisposição hereditária, mas ficar evitar maus hábitos é uma forma importante de se precaver.

“Pacientes com predisposição a desenvolver doenças vasculares devem ter cuidado redobrado, evitar obesidade e praticar exercícios, o diminui as chances de aparecerem as varizes hereditárias e outros problemas de circulação mais sérios, como a trombose”, afirma a Dra. Lamaita. A médica lista cinco fatores que contribuem para o surgimento desse tipo de doença: sedentarismo, tabagismo, traumas nos membros inferiores, uso contínuo de pílulas anticoncepcionais e obesidade.

Nos casos de sedentarismo e obesidade, a velha receita de praticar exercícios é sempre muito eficaz, nos casos de traumatismos a indicação também são o exercícios, principalmente os fisioterápicos durante a recuperação. “O monóxido de carbono oferece um fator adicional de risco ao diminuir a concentração de oxigênio no sangue, ao mesmo tempo, as propriedades anticoagulantes naturais são significativamente diminuídas nos fumantes” – conta a médica.

Por fim, a Dra. Aline comenta “Consulte sempre seu médico de confiança e discuta o seu anticoncepcional. Toda medicação está sujeita a complicações e a decisão se o risco/benefício dessa droga vale a pena é feito entre você e o seu ginecologista”.

Fonte: Cirurgiã vascular e angiologista, Dra. Aline Lamaita é formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia e do American College of Phlebology. A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina. http://www.alinelamaita.com.br/