Fórmula suave de produtos de higiene não é propaganda enganosa

A leveza é um atrativo comum da publicidade associada a produtos de limpeza líquidos ou em barra. Normalmente mais caros, esses produtos são de fato mais eficazes. “A suavidade é importante porque o dano induzido pelo limpador piora a hidratação natural da pele, que age como uma esponja para reter a água no tecido”, afirma a dermatologista Dra. Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Além da pele sensível, a pele seca (que tem menos gordura) e até a pele oleosa podem se beneficiar do uso de sabonetes suaves. “Limpadores suaves evitarão que a pele seque demais e que as glândulas sebáceas compensem isso produzindo mais gordura. É importante produtos de acordo com seu tipo de pele: cremes mais ricos para pele seca; séruns e géis para a pele oleosa; produtos com extratos calmantes para pele sensível”, diz a Dra. Marcondes.

A dermatologista explica que na hora de comprar é importante buscar produtos que não contenham lauril sulfato de sódio, um tensoativo encontrado em muitos sabonetes e que deixa a pele mais seca. As fragrâncias dão aos sabonetes e produtos de limpeza cheiro agradável, mas podem irritar a pele sensível. “Procure por produtos suaves rotulados como ‘sem perfume’ ou ‘sem fragrância’, e também aqueles sem corantes e pigmentos. Usar uma barra transparente com glicerina irá limpar e hidratar a pele – sem causar irritação”, finaliza a médica.

Fonte: Dra. Valéria Marcondes – Dermatologista da Clínica de Dermatologia Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia com título de especialista e da Academia Americana de Dermatologia. Foi fundadora e é membro da Sociedade de Laser. www.valeriamarcondes.com.br