O que é preciso para aprender?

Quando pensamos na resposta, logo nos vem em mente uma série de pensamentos e situações que possam estar atrelados ao aprendizado.

Precisamos estar cientes que ele integra o cerebral, o psíquico, o cognitivo e o social, sendo assim, trata-se de um processo neuropsicocognitivo.

Podemos incluir todas as nossas experiências passadas, nossos sentimentos, nossas vivências e situações sociais nas quais se desenvolvem o aprender. Hoje falamos em aprendizagem interativa, da dimensionalidade do saber. Ela supõe uma construção que ocorre por meio de um processo intelectual que implica na aquisição de um conhecimento novo.

O desenvolvimento cognitivo é um processo que permanentemente se transforma, como resultado de contínuas reestruturações que ocorrem nas diversas interações que a pessoa estabelece.

As dificuldades de aprendizagem afetam a pessoa na sua totalidade. Existe um sofrimento pela subestimação que se sente por não atingir o que lhe foi proposto e com o que os outros esperam dela. Sofre-se, também, com a desvalorização que enxerga no olhar dos demais.

Tiago Murilo Silveira Neuropsicopedagogo Clínico SBNPp 749