Secretaria de Mairinque alerta moradores para a Vacinação contra a Febre Amarela

A Secretaria de Saúde de Mairinque orienta para que todos os munícipes acima de nove meses de idade, que ainda não foram imunizados contra a Febre Amarela procurem o Posto de Saúde mais próximo de sua residência para receber a dose da vacina. De acordo com a secretaria, cerca de 30% da população ainda não está protegida da doença.

Em Mairinque não constam registros de pessoas infectadas, mas no interior de São Paulo há casos da doença. No último dia 17, o Departamento de Saúde da cidade de Eldorado (200 km da cidade) divulgou nove casos confirmados, sendo cinco internados e três chegaram a óbito.

A Febre Amarela é uma doença infecciosa transmitida por meio da picada de mosquito infectado e a vacina é a principal ferramenta de prevenção e controle da enfermidade. Dentre seus principais sintomas estão: febre, calafrios, fadiga, náuseas, dor de cabeça e no corpo.

Pacientes portadores de HIV positivo, transplantados, em tratamento quimioterápico ou radioterápico, portadores de Lúpus, artrite reumatoide, gestantes e mulheres amamentando crianças de até seis meses devem consultar um médico com antecedência.
A vacina não é recomendada para pessoas que estão em uso dos seguintes medicamentos: Azatioprina, Ciclofosfamida, Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe e Rituximabe.

Para mais informações, ligue no (11) 4708-3574 – Vigilância Epidemiológica. O horário de atendimento nos Postos de Saúde é de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h.