Sem clima para euforia

Nem mesmo a forte queda nas temperaturas na última semana esfriou o clima no cenário político nacional. O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral foi condenado pela Operação Lava Jato a 14 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Enquanto isso, a absolvição da chapa Dilma-Temer deu uma sobrevida ao presidente, que agora busca alianças para continuar protegendo a si mesmo das acusações da Lava Jato, e segundo os procuradores, segue fazendo manobras para atrapalhar as investigações.

Ainda na política, mas agora local, o prefeito interino de Mairinque Alexandre Peixinho e o ex-prefeito Rubens Merguizo deram suas explicações à população quanto ao bloqueio de mais de R$ 8 milhões das contas da prefeitura da última semana.

A multa gerada há mais de 20 anos, só foi crescendo e agora diversos setores da prefeitura é que sentirão as consequências dos atos administrativos.

As fortes chuvas durante a semana deixaram estradas da região em péssimas condições. Moradores de diversos bairros reclamaram da falta de manutenção das mesmas e continuam se virando como podem. Que consequências mais graves não seja o próximo registro feito aqui.

A discussão que durou cerca de duas semanas na Câmara sobre o repasse do subsídio à Viação São Roque teve seu desfecho em prol da proposta da prefeitura. Espera-se que a aprovação do repasse mensal possa “desafogar” a Viação das dificuldades, e, consequentemente, trazer melhorias para quem utiliza o serviço, sem ter que aumentar a passagem.

Em contrapartida, representantes da cultura protestaram contra manobra de mais de R$100 mil do setor para atender essa demanda. Foram remanejados ainda, cerca de 300 mil dos serviços e manutenção de cemitérios e a mesma quantia que estava destinada para construção, reforma e manutenção de praças e vias públicas, outros 200 mil da divisão de esportes, além de mais de 100 mil reais que serviriam para compra de veículos e outros pequenos remanejamentos.

O que todos esperamos é que não só o Trem Turístico vire realidade, mas que todas as promessas antigas e novas sejam cumpridas, sem que o povo tenha que pagar as contas ou o pato.
Destaque: Nem quente, nem frio, apenas morno…