Uma grande confusão

Enfim o prefeito interino agora ocupará a cadeira do Executivo de Mairinque como prefeito eleito. Muitos comemoraram, muitos não, mas assim mesmo é a democracia. Em menos de um ano duas eleições na cidade e agora as promessas de campanha terão que ser fiscalizadas. E por sinal, campanha esta, que no último mês foi marcada por muita confusão e agressões de diversas maneiras. Felizmente, o dia da eleição foi de paz. E que assim permaneça para que o novo prefeito trabalhe arduamente pelo bem de Mairinque.

Mas as confusões da semana não param por aí. Na segunda-feira a população de São Roque ficou perdida ao tentar pegar algumas linhas de ônibus da cidade.

Simplesmente a empresa que possui a concessão das linhas levou uma necessidade de mudança à prefeitura, que prontamente a atendeu. Até aí não seria um problema, se o grande prejudicado, o usuário, tivesse sido amplamente comunicado de tais mudanças, que implicam em alteração na rotina, atrasos para chegar aos compromissos, etc.

Nestes casos, a imprensa tem importante papel, mas os administradores precisam melhorar esta comunicação. Cartazes colados pela rodoviária e em alguns ônibus não foram suficientes. A população depende da boa informação e espera ser mais envolvida nas decisões que implicam no seu dia a dia. Que grande confusão!

Outra dúvida que paira por aí é sobre a Zona Azul. O novo equipamento deveria entrar em operação dia 28/08. Todos na expectativa nesta segunda-feira, já dia 4/9, para o início do funcionamento das máquinas “amarelas” conforme anunciado pela prefeitura, e nada. Na segunda-feira uma delas trazia o bilhete “Favor dirigir-se ao parquímetro azul abaixo”. Mas não estariam em plena operação já na segunda-feira? Assim fica difícil entender. Ou é ou não é. Para evitar confusão, comunicar-se melhor pode resolver.