Como diferenciar culpa e autorresponsabilidade

As Constelações Familiares observam que a culpa tem origem no sistema familiar. Primeiro, ao identificar que eu não estou atendendo às lealdades da família, eu encontro a sensação de culpa ou “má consciência”. Parece que estou traindo a minha família e aquilo que esperam de mim. Outro sentimento similar ocorre quando, de alguma forma, busco culpados e me isento da autorresponsabilidade por algo que me acontece.

Perceba que existem aqui dois conflitos onde eu não reconheço o meu lugar diante da família e, mesmo que já tenha consciência do que motiva minhas ações, ainda assim, não assumo o meu lugar, logo não tenho autorresponsabilidade sobre a mim.

Trata-se daquilo que é certo na família. Por exemplo, vamos imaginar que eu esteja identificada com um avô meu que teve um relacionamento que ele não considerava bom. Do meu lugar da família (neto) eu acredito que havia algo que ela poderia ter feito na época. Eu parto da inocência em que acredito que ele tenha um relacionamento péssimo.

A partir disso, estabeleço uma não aceitação e esse julgamento me conecta e identifica a mesma história. Porém, essa história não é falada ou dita pelos membros da família e eu experimento a mesma culpa do avô, repetindo o padrão dele.

Aqui é onde existe uma lealdade familiar o sentimento de culpa, me conecta ao avô, como uma oportunidade de
fazer diferente, não sendo leal, mas honrando a vida. Quando se passa pelo processo sistêmico, com as constelações familiares, você passa a construir uma nova ideia, escolher passar da culpa para a responsabilidade e se libertar das lealdades familiares.

Parar de se culpar, ou de culpar o outro, evidencia o início do autoconhecimento e crescimento emocional. A autorresponsabilidade é reconhecer o que depende de você e agir sobre isso diferente dos antepassados. É deixar com o outro o que é dele sem julgamento e respeitar fazendo diferente em honra a vida, esse amor existencial.

O que você achou dessas ideias aqui? Gostaria de ouvir suas impressões. Ok?

Thiago Souza – Terapeuta Familiar Sistêmico

  • Instagram: @thiagosouza.processo.sistêmico
  • Fone Fixo (11) 2428-2192
  • WhatsApp (11) 99344-1412