270 municípios e mais de 100 unidades de saúde são higienizadas pela Sabesp

Ação de lavagem de espaços públicos foi iniciada no dia 24/3

(08.04.2020) A Sabesp já fez a limpeza do entorno de mais de 100 unidades
de saúde (UBS, AMA, UPA, clínicas, hospitais), além de unidades do Bom
Prato na Região Metropolitana de São Paulo. Também desde o início da
quarentena no Estado de São Paulo, a higienização foi realizada pela
Sabesp em 270 municípios paulistas em que a empresa presta serviço. Todas as regiões do Estado foram beneficiadas.

A ação de lavagem de espaços públicos foi iniciada no dia 24/3 e ocorre
também em parceria com prefeituras. Por causa do coronavírus, a Companhia está aplicando mais cloro na água utilizada na limpeza urbana para garantir mais eficiência ao processo de higienização. Na Região
Metropolitana, é usada a água de reuso produzida nas estações de
tratamento de esgoto (ETEs), que também recebe dose adicional de cloro.

Ações sociais no interior e litoral

Na cidade de Guariba, região de Franca, a Sabesp também vai distribuir 50
caixas d’água a moradores que não têm como comprar. A medida visa a
garantir reserva suficiente de água às famílias.

Na Baixada Santista, bebedouro para hidratação foi instalado próximo à
base de apoio ao hospital de campanha de Guarujá, e outra unidade será
implantada conforme definições da prefeitura. Em Mongaguá, são sete os
pontos de água para livre utilização instalados próximos de comunidades.
Em Peruíbe, pias para higienização das mãos estão disponíveis nos
bloqueios da Guarda Municipal em dois acessos à cidade (bairros Caraguava e Veneza). Já em Santos, foram instaladas pias para higiene das mãos em feiras livres. E em São Vicente a Sabesp colocou torneiras para hidratação e higienização das mãos na Ponte dos Barreiros.

Na região de Presidente Prudente, em todas as unidades da Sabesp foram
disponibilizados pontos de coleta para arrecadação de produtos de higiene
pessoal e de alimentos em prol de famílias em situação de vulnerabilidade
social atendidas pelos Fundos Sociais municipais.

Na área atendida pela Sabesp em Lins, com municípios próximos de São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Bauru, a empresa está instalando 19
lavatórios: 2 em Fernandópolis, 1 em Cardoso, 1 em Nova Granada, 3 em
Lins, 1 em Nhandeara, 1 em Monte Aprazível, 1 em Novo Horizonte, 1 em
Piratininga, 1 em Ibirá, 2 em Monte Alto, 1 em Palmares Paulista, 2 em
Jales, 1 em Urânia e 1 em Auriflama. Ainda em Monte Alto, a empresa
realiza campanha entre seus colaboradores para entrega de kits de
higienização (sabão, detergente, água sanitária, máscara de algodão e
material informativo) a famílias de baixa renda do município.

Na região de Itapetininga, a ação integrada entre agricultores de Capão
Bonito, prefeitura e Sabesp permite a lavagem das ruas. Os agricultores
emprestam equipamentos para o município usar na higienização, que acontece
de madrugada com água clorada fornecida pela Sabesp.

No Litoral Norte, a Sabesp entregou ao Fundo Social da Prefeitura de
Caraguatatuba 855 kg de arroz que foram arrecadados durante as inscrições para a 1ª Corrida e Caminhada do Dia Mundial da Água, adiada em razão da pandemia. O arroz vai compor as cestas básicas a serem distribuídas às famílias assistidas pelo Fundo Social. Já em Ilhabela, a Sabesp se mobilizou para arrecadar e distribuir cestas básicas, unindo esforços ao movimento Corrente do Bem, organizado por moradores e empresários. Nas quatro cidades do Litoral Norte a Sabesp instalou lavatórios para higienização das mãos.

Na região de Botucatu, a Sabesp adquiriu 12 lavatórios para higienização
da população em áreas públicas próximo a hospitais e unidades de Saúde de Botucatu (4), Tatuí (3), São Roque (2), Boituva (2) e Laranjal Paulista
(1).