Aluna agride professora em escola de Maylasky

Na manhã tarde desta quarta-feira, uma professora da Escola Municipal Tibério Justo da Silva relatou que foi agredida por uma aluna enquanto saía da escola após o período de aulas.

As primeiras informações dão conta de que a aluna é evadida da escola e já agrediu uma professora no ano passado. Mesmo assim ela frequenta as dependências da unidade e algumas vezes ficaria provocando os professores.

Uma pessoa que presenciou o fato e não quis se identificar disse que por volta das 10h20 da manhã a professora foi seguida pela aluna que falava com ela e, no momento em que a professora pegou o celular para filmar a situação, começaram as agressões.

Segundo apurado até agora, a responsável pela agressão é uma adolescente com histórico do mesmo tipo já noticiado em setembro do ano passado. Relatos dão conta que a professora recebeu chutes e socos, inclusive após outras pessoas tentarem segurá-la.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura, mas ainda não obteve retorno.

Mais informações, em depoimento exclusivo ao Jornal O Democrata.