Após registrar 11 casos neste ano, Comitê discute ações para combater a Dengue em Mairinque

O Comitê de Controle de Arboviroses discutiu as ações que serão realizadas no segundo semestre de 2019 por meio das Secretarias de Educação, Assuntos Jurídicos, Tributação, Esporte e Saúde da Prefeitura de Mairinque. A reunião ocorreu no Centro de Reabilitação Bem-Me-Quer.

Entre os assuntos abordados na ocasião, o Comitê definiu para o fim do mês de julho a realização de um treinamento voltado aos brigadistas do município, juntamente com os vereadores e os funcionários da Câmara Municipal, a fim de preparar os profissionais para identificar e combater os criadouros do aedes aegypti.

De acordo com a presidente do Comitê Municipal e chefe de Divisão de Zoonoses, Josimara Grinholli, o melhor momento para o combate ao mosquito é o segundo semestre do ano, quando é possível eliminar os criadouros antes que os ovos comecem a eclodir. “Nesse período de poucas chuvas, o combate é mais eficaz. Por este motivo, reunimos os Agentes de Controle de Endemias e os Agentes Comunitários de Saúde com o intuito de discutir planos de ação conjunta para atingir o maior número de residências”.

A intensificação dessas ações ocorre em razão do Estado de São Paulo ter registrado, no período de janeiro a junho, 267.602 casos de Dengue e 157 mortes. Conforme dados colhidos pelo Centro de Vigilância Epidemiológica Estadual, dez cidades concentram 47% das vítimas da doença e somam 126.364 casos.

Devido à circulação do sorotipo II da Dengue, mesmo os pacientes que já tiveram Dengue tipo I, por exemplo, estão suscetíveis a infecções, o que contribui para o aumento de casos e até mesmo para a ocorrência de quadros clínicos mais graves, normalmente piores nas pessoas que já apresentam algum problema de saúde.

“A cidade de Mairinque já registrou o 11º caso da doença. Por isso é importante que cada cidadão se responsabilize por sua residência e seu quintal, não deixando recipientes que possam acumular água. A Dengue é um problema de todos”, explica Josimara.