As traições contra o povo brasileiro

Todos dizem que o Brasil tem um dos combustíveis mais caros do mundo, e apesar de todos concordarem com isso, nunca nada foi feito para mudar essa situação. Foi preciso surgir um brasileiro disposto a mudar o imutável, para que todos acordassem, e passassem a questionar o absurdo dos valores cobrados. Até então, não se sabia qual era a composição exata dos preços, mas, agora, com a elucidação vinda a público, tudo ficou claro, e vimos o quanto somos roubados por todo esse tempo.

A traição contra os brasileiros é tão grande, que mesmo o presidente pressionando para abaixar os preços, o que a Petrobras vinha fazendo, o produto final na bomba de combustíveis não caia, pelo contrário, aumentava fato esse que causou indignação em Bolsonaro, que resolveu por fim a esse descaso. Para isso, lançou um desafio: se os Estados reduzirem a carga dos impostos, ele fará o mesmo com os impostos federais. Chegamos à hora da verdade, e poderemos saber quem está ou não preocupado com o povo. Foi dito que a gasolina sai da Petrobras a cerca de R$ 2,00, e que em cima disso é adicionado perto de 70% de imposto, vindo ainda os ganhos da distribuidora, transportes e…mais impostos.

Os preços dos combustíveis influem diretamente em todos os produtos, e se eles realmente caírem, tudo precisará ser recalculado, trazendo grande alívio ao povo.  

O Brasil arrecada uma quantia astronômica de impostos, e mesmo assim, a saúde, segurança e educação, vão muito mal, o mesmo ocorrendo com o Nordeste, que sempre foi negligenciado pelos governos de bandeira vermelha. Mas, se o governo tira tanto dinheiro da rua, cadê ele? No que está sendo aplicado?

A resposta para isso está em diversos fatores, entre eles, a corrupção, os roubos diretos e indiretos, os financiamentos criminosos feitos pelo BNDES aos países esquerdistas, cujo montante daria para ter feito muitas coisas no país, e muita incompetência, devido ao fato de pessoas sem qualificação profissional terem assumido cargos vitais, em função de acordos políticos.

Para citar um exemplo, Itaipu, segundo as análises financeiras divulgadas, sempre esteve no vermelho, mas, a partir da nomeação do General Joaquim Lima e Luna, como diretor geral do lado brasileiro, pelo presidente Bolsonaro, a empresa passou a dar lucro, isso em decorrência da linha dura de seu comando, que cortou muitas regalias, bem como gastos desnecessários, e a dinamização do serviço. Porém, não são apenas os combustíveis que nos sangram, pois ainda amargamos os valores altos do gás de cozinha, da energia elétrica, e uma tributação injusta do Imposto de Renda, que penaliza os que ganham menos, sendo que pelas suas faixas de ganhos, não deveriam ser tributados. Como vemos, há muitas coisas para serem corrigidas, heranças dos governos esquerdistas.

Disney Medeiros Raposo