Assassino da jovem Vitória é condenado a 34 anos de prisão

Após 12 horas de julgamento, Júlio Cesar Ergesse foi condenado a 34 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato da menina Vitória Gabrielly.

Segundo a sentença, Júlio foi condenado a 18 anos por homicídio, um ano e seis meses por ocultação de cadáver e três anos por sequestro.

Com agravante de motivo torpe, meio cruel e crime cometido para ocultar o corpo, a condenação chega a 34 anos no total.

Além de Júlio, o casal Bruno Oliveira e Mayara Abrantes também irão ser julgados pelo assassinato da menina Vitória. Eles ainda não tiveram a data do julgamento definida, pois os advogados de defesa entraram com recurso na Justiça para tentar impedir o júri popular.