Corpo de Bombeiros avalia hipótese de curto-circuito ter dado início a incêndio em Mairinque

A equipe do Corpo de Bombeiros de Mairinque trabalha com a hipótese de que um curto-circuito tenha provocado o incêndio de grandes proporções que atingiu na tarde de segunda-feira, 27, a Usina de Tratamento Ecológico de Pneus (UTEP), localizada no Jardim Cruzeiro, em Mairinque.
De acordo com os Bombeiros, por meio da assessoria de Imprensa, este curto-circuito pode ter provocado um faísca, dando início ao fogo que destruiu a usina.
Neste momento as equipes estão fazendo o rescaldo e controlando o calor para fazer o resfriamento no local. A área da empresa está interditada e a estrutura aparenta estar toda comprometida, ainda segundo os Bombeiros.
A Defesa Civil irá emitir um laudo mais aprofundado em breve.
O incêndio
Ao longo da Rodovia Raposo Tavares, local próximo da empresa, era possível ver a fumaça escura deste incêndio de grandes proporções que atingiu a UTEP na tarde de ontem, por volta de 16h. A usina fica no bairro Jardim Cruzeiro, na rua da antiga fábrica D’oro.
O comandante do grupamento de Bombeiros de Mairinque, Nilson Evandro da Silva, informou ao O Democrata que não há feridos e as estruturas do prédio foram abaladas. Segundo ele, equipes do Corpo de Bombeiros de Sorocaba, Mairinque e São Roque, além de equipes da Defesa Civil, GCM e Polícia Militar de Mairinque e CCR Viaoeste apoiaram a ação para conter o fogo.