A renomada cerveja do elefante rosa

A cerveja Delirium Tremens é clássica e irresistível, tem a fama de ser uma das melhores do mundo. Sua ideia, assim como o nome e a mascote, é criada a partir da ideia de um típico delírio da abstinência alcoólica, que pode ter como efeito colateral alucinações e tremedeiras.

A história da cervejaria começa em 1906, na cidade de Melle, província de Flanders, Bélgica, onde Léon Huyghe chegou à cidade e comprou uma antiga cervejaria. Anos depois, quando explodiu a I Guerra Mundial, a cervejaria foi confiscada pelos invasores alemães e somente em 1938 Léon a teve de volta e a nomeou de Brasserie.

Até 1985, o foco principal da cervejaria era a produção de pilsen, cervejas leves e refrescantes. Depois de grande investimento e uma radical reforma, iniciaram a produção de Ales. A mais conhecida delas é a cerveja Delirium Tremens, uma Belgian Strong Ale, de coloração dourada, possui graduação alcoólica de 8,5%, temperatura ideal de consumo de 10 a 12 graus, os copos ideais são Goblet, Pokal ou trapista, seu preço médio é R$ 24.

Produzida pela primeira vez em 1989 e que até hoje é o maior sucesso no mundo inteiro. O nome é utilizado para descrever a reação de psicose causada pela abstinência em alcoólatras. Deve ser por isso que seu símbolo é um elefante cor-de-rosa.

A Delirium Tremens virou franquia e tem estabelecimentos em todo canto do mundo. Suas cervejas são facilmente encontradas em bares, lojas especializadas e supermercados.

Se encontrar por ai, não perca a oportunidade…

Beba menos, beba melhor!

Para produzir sua própria cerveja entre em contato pelo e-mail:
cervejariasr@hotmail.com.br
Instagran @_roger_santiago_
#culturacervejeirasr

Por Rogério Santiago