Atores da região levam histórias de professores públicos para palco online


Trazendo uma técnica teatral ainda pouco conhecida do público, mas com muito realismo, o Coletivo Cê – trupe de atores da cidade de Votorantim, interior de São Paulo – inicia o projeto “Dois dedos, parágrafo”. Com a intenção de dar voz e levar histórias reais de professores da rede pública de ensino da cidade. A apresentação estreia no dia 8 de abril, às 20 horas, no canal do Coletivo Cê no YouTube e fica disponibilizada até o dia 15.

Somada à apresentação gratuita para todos os interessados em arte e história, o coletivo também coloca em prática outra ação para se aproximar do público; no dia 8, após a estreia do espetáculo às oito da noite, a equipe promoverá uma roda de conversa virtual, pela plataforma Google Meet. O link estará disponível nas redes sociais do Coletivo Cê. “Será um momento de aproximação com o público, uma forma de conhecerem melhor nosso projeto”, explica Julio Mello, diretor do espetáculo e um dos atores integrantes do elenco. 

O projeto, que faz parte do primeiro edital do Fundo Municipal de Cultura da prefeitura de Votorantim, traz aos palcos do interior a técnica teatral verbatim. “O nome vem do latim, significa ‘ao pé da letra’, ou seja, nessas apresentações nós damos voz aos relatos dos professores na íntegra”, esclarece Julio. 

O Coletivo Cê já tinha a intenção de montar um projeto com foco na educação pública desde 2016 e a oportunidade surgiu no ano passado, antes da pandemia. A equipe passou por treinamento da técnica com a atriz e bailarina Regina Fonseca. “Foi meu primeiro contato com esta técnica e é uma forma totalmente diferente de atuar, diferente de criar uma personagem, estudar o texto”, conta a atriz Bruna Moscatelli. “Pensei que não ia dar conta, mas quando aprendi mais, descobri que a técnica é apaixonante, é uma entrega total”.

Após o treinamento, foi colhido o depoimento dos professores, ainda antes da pandemia. “Escolhemos educadores que fizeram parte da vida dos membros da produção ou que tivessem histórias de vida marcantes”, relembra Julio. E a história de seis destes, foram selecionadas e transformadas neste espetáculo, o “Dois dedos, parágrafo”, que tem uma hora de duração.


Após a explosão de casos do novo coronavírus no País, o Coletivo precisou adiar o processo de produção, pois tinham intenção de levar a apresentação a algumas escolas de Votorantim. O realinhamento do projeto é considerado arriscado, mas necessário, já que a mídia digital pode ter mais amplitude de público, mesmo sem a troca que o “ao vivo” traz. “Percebemos que a arte atravessa as barreiras das telas dos computadores. O projeto, mesmo on-line, permanece com a mesma potência e, quando gravado, os atores tendem a se cobrar mais”, salienta Bruna.

Documentário de palco

Verbatim é uma técnica conhecida também como “teatro documentário”. A intenção é contar de forma teatral, histórias reais, na qual os corpos são somente veículos da história. A apresentação nesse formato teve inspiração em espetáculos como o ‘Hotel Mariana’, que usa a técnica para contar a história de sobreviventes do estouro da barragem, em 2015″, revela o diretor Julio Mello.

A apresentação acontece com os atores utilizando fones de ouvido, sem cenografia ou figurino característico. “Precisamos passar o máximo possível de realidade, respeitando a forma que a pessoa fala, vícios de linguagem, tosses, gaguejadas e, até mesmo, o timbre”, detalha Julio. “Isso para o elenco é um desafio, já que a construção de personagem é quase nula, já que nesse modo de atuação, a realidade é acima da licença poética”. 

O “Projeto Educare – Um olhar sobre a educação através do Teatro Verbatim” que teve como fruto o espetáculo “Dois dedos, parágrafo” será disponibilizado na plataforma YouTube do Coletivo Cê, entre os dias 8 a 15 de abril, gratuitamente. O projeto foi contemplado no Edital n.º 01/2018 do Fundo Municipal de Cultura – FMC Votorantim/SP.

Confira abaixo a ficha técnica do projeto:
  
Direção administrativa e produção – Andressa Moreira;

Direção Artística – Julio Mello;

Técnica Verbatim – Regina Fonseca;

Atriz – Bruna Moscatelli;

Ator –  Hércules Soares;

Ator – Julio Mello; 

Videomaker – Bruno Ducatti;

Art Designer – Eliete Della Violla;

Fotografia – Alessandra Rodrigues;

Social Media – Tiani Gava Zilli;

Assessoria – JF Gestão de Conteúdo.