Cão se perde durante viagem com a família e volta para casa após caminhar 380 km

Um cachorro impressionou seus tutores ao caminhar sozinho por 380 quilômetros e acertar o caminho de volta para casa após se perder durante uma viagem na companhia de férias da família. Pablo, de 2 anos, mora na França e desapareceu em Saint-Martin-de-Belleville, na Sabóia, enquanto viajava com o casal Catherine e Roger.

De acordo com a tutora, a família viajava a bordo de um motorhome e o desaparecimento do animal aconteceu durante uma parada realizada no retorno de uma viagem à Itália. Após estacionar o veículo, o casal permitiu que Pablo passeasse sozinho, confiantes de que ele não iria para longe, mas o cão não voltou.

“Esperamos por ele por horas. Até passamos a noite lá, sem sucesso”, disse Catherine ao jornal local Le Parisien. Embora estivessem preocupados, Roger e a companheira decidiram seguir viagem, mas fizeram uma nova parada no departamento francês de Ain para que não ficassem muito distantes do local onde Pablo desapareceu, já que ainda tinham esperanças de revê-lo. O casal também comunicou o caso à Câmara Municipal para pedir ajuda.

Enquanto isso, Pablo percorria 380 quilômetros da região de Savoiá até Gard, onde está situada a cidade de Bezouce, onde o cachorro mora com o casal. Em apenas três dias, o animal chegou à residência, surpreendendo um amigo de seus tutores que ficou responsável por cuidar da casa na ausência do casal. Ao se deparar com o cão, o rapaz fez uma foto e enviou para Catherine e Roger, que ficaram espantados, mas imensamente felizes.

Além das chances de encontrar o cão serem pequenas, já que ele já estava desaparecido há mais de 72 horas, o casal jamais imaginaria revê-lo em casa, já que não imaginava que Pablo seria capaz de se guiar até um local tão distante de onde se perdeu.

“Não pude acreditar”, disse Catherine ao jornal France Bleu. “Foi um verdadeiro momento de felicidade”, completou.

Sem água e comida, Pablo percorreu um longo caminho a pé e, por isso, chegou em casa abaixo do peso, porém saudável e sem qualquer tipo de ferimento. Preocupados com o bem-estar do animal, os tutores retornaram ao lar e lhe proveram todos os cuidados necessários. Além disso, compraram uma coleira com sensor GPS para evitar que Pablo se perca novamente.

+ Infância no interior: menino constrói mini-fazenda usando a criatividade

São Roque participa do Circuito Sesc de Artes 2021