Filhotes de coruja Buraqueira nascem na Estação de Tratamento de Água de Mairinque

Uma família de corujas buraqueiras, de nome científico Athene cunicularia, e que tem grande predominância na região sudeste do País, é moradora ilustre da Estação de Tratamento de Água de Mairinque.

Há aproximadamente dez anos, um casal de corujas vive no terreno da Estação de Tratamento de Água da Saneaqua, concessionária de saneamento da cidade. Recentemente, durante a pandemia do novo coronavírus, os funcionários tiveram a oportunidade de registrar a presença de filhotes.

Foi a primeira vez que os funcionários identificaram o crescimento da família no local. Acostumados a verem os animais adultos expostos todos os dias do lado de fora do ninho para tomar sol, as equipes da operação foram surpreendidas durante uma manhã, quando as duas pequenas corujas saíram do ninho para acompanhar seus pais.

“A Coruja Buraqueira é uma ave tímida, por isso, prefere lugares sossegados. Durante o dia geralmente elas ficam cochilando no sol, próximas ao seu ninho, nas árvores que compõem a área verde da empresa. Para nós, foi uma grande surpresa ver os filhotes”. explica Joice Pereira Martins, responsável pela área de Meio Ambiente na Saneaqua

A época da reprodução da Coruja Buraqueira começa entre os meses de março e abril. A fêmea põe em média de 6 a 11 ovos e, quando os filhotes nascem, a responsabilidade da cria é dos machos.

A Saneaqua procurou o Centro de Manejo da Fauna Silvestre de Mairinque, que nos enviou um parecer informando não ter nenhum impeditivo para as corujas utilizarem a estrutura do terreno para confecção de tocas ou ninhos, desde que não sejam submetidas a cuidados humanos, restritas a viveiros ou gaiolas, ou sendo utilizadas como animais de estimação. “Os funcionários da Saneaqua não alimentam e ou tocam os animais, pois as aves são silvestres e escolheram o local apenas para procriação e moradia”, ressalta Joice.

Enquete para escolha dos nomes

Com o nascimento dos filhotes, a Saneaqua resolveu propor uma enquete na página da empresa no Facebook, com algumas opções de nomes para as pequenas aves.

A enquete será realizada no período de 30 de setembro a 3 de outubro e as opções de  nomes para as duas corujinhas são: Fiscal e Carvalhal, em alusão aos dois mananciais responsáveis pela maior parte da captação e distribuição de água bruta na cidade; Mai e Rinque em homenagem a cidade que completa 130 anos no dia 27 de outubro; e Sane e Acqua em comemoração aos dez anos de atuação da empresa na cidade, que será celebrado no próximo dia 5 de outubro.

A votação será aberta para que todos os seguidores da página da Saneaqua (https://www.facebook.com/saneaqua) possam participar e ajudar na escolha dos nomes dos filhotes. A divulgação dos nomes selecionados será realizada no dia 05 de outubro, também na página da Saneaqua.