Matheus Pezzotta protagoniza espetáculo cênico musical no Quilombo do Carmo | Cultura
Espetáculo acontece neste domingo, 15/05

O palco do projeto social Quilombo do Carmo, localizado no Bairro do Carmo, em São Roque, recebe a partir das 17 horas do domingo, 15 de maio, o espetáculo cênico musical Descendente, produção do artista são-roquenses, Matheus Pezzotta que esteve recentemente em turnê pela Bahia. A entrada do espetáculo é franca e a realização é da Divisão de Cultura da Prefeitura de São Roque.

A apresentação narra experiências identitárias negras do artista local em contato com sua descendência quilombola por meio de uma das tataravós, dona Izabel do Carmo, cuja família calcula que tenha nascido entre 1850 e 1860 e do qual deriva o sobrenome do bairro quilombola são-roquense.

Movido pela investigação sobre memórias e reminiscências musicais no Quilombo do Carmo, Pezzotta remontou e busca reafirmar a presença negra e quilombola no Sudeste do Brasil, oferecendo ao público uma experiência artística atravessada por vozes negras; sonoridades afro-diaspóricas, como Samba de Bumbo, Jongo, Congadas e Capoeira; e a visualidade da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). O espetáculo ainda remonta cenários históricos, geográficos e musicais e percorre paralelos entre a descendência de Pezzotta, o Quilombo do Carmo e episódios históricos silenciados, como a Insurreição Negra de 1854, liderada pelo Ngangá sorocabano José Cabinda.

A duração de Descendente é de 60 minutos. Durante este tempo, o espetáculo procurará pensar a ancestralidade enquanto tecnologia social de memória e ampliação dos imaginários sociais. O sujeito, em contato com sua descendência, reestabelece vínculos ancestrais com antigas lembranças e saberes subjetivos, intercontinentais. Em seu caráter estrutural, as políticas de esquecimento desterritorializam e privam sujeitos do contato com sua própria história, agindo na sofisticada manutenção estrutural racista sobre os corpos negros. 

Em um país que possui no qual 54% da população são negros de descendência afro, de acordo com levantamento de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a reflexão sobre a construção identitária torna-se uma agenda emergente de formação e transformação social.

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados