Veja os detalhes sobre o funcionamento do comércio em São Roque

O chefe de Gabinete da Prefeitura de São Roque, Marcelo Marques, se pronunciou na noite deste sábado, 30, em live nas redes sociais, para explicar os detalhes sobre o novo Decreto Municipal, que orienta a reabertura de alguns setores da economia a partir desta segunda-feira (1º de junho) na cidade de São Roque, e em diversas outras no estado que se encontram na fase laranja do Plano São Paulo. O Decreto nº 9280 será publicado na tarde deste domingo (31) e segundo Marques “não anula os Decretos anteriores”. Mesmo com a flexibilização, a cidade, acompanhando as diretrizes do Estado, permanece em quarentena até 15 de junho.

“Saiam somente se necessário, de preferência, no máximo uma vez por semana. Os municípios serão avaliados semanalmente e a cada 15 dias haverá uma nova direção do Governo do Estado. Precisamos ter cautela”, ressaltou Marques.

A partir desta segunda, fica autorizado o funcionamento controlado e com algumas restrições, de imobiliárias, concessionárias, escritórios em geral, comércio varejista, pesqueiros (exceto bar e restaurante), shoppings, galerias e centros comerciais (exceto praça de alimentação). O horário de funcionamento para todas as atividades será de apenas 4 horas diárias, sendo entre 10h e 14h.

Os locais deverão respeitar o limite de pessoas ocupando cada estabelecimento, sendo a capacidade de no máximo 20% do espaço da loja. O mesmo serve para os estacionamentos, que devem utilizar somente 80% das vagas. O objetivo é manter o distanciamento de segurança.

“Se avançarmos para a próxima etapa passamos a abrir por 6h diárias. Se não respeitamos as regras podemos voltar ao estágio vermelho e fechar novamente os estabelecimentos. Por isso é importante adotarmos os 3 Cs – compromisso, cautela e consciência”, alertou Marques.

Ainda segundo ele, os estabelecimentos podem permanecer com atividades nos sistemas drive thru e delivery. As multas ao descumprimento das regras continuam valendo, tanto para o estabelecimento, quanto para a pessoa que não esteja usando máscara.

Os estabelecimentos considerados essenciais, e que já estavam em funcionamento, permanecem no mesmo formato e horários que já vinham trabalhando, respeitando todas as orientações sanitárias e de segurança.

Bares, restaurantes, lanchonetes, clubes, teatros, cinemas, academias, barbearias, salões de beleza e demais setores que gerem aglomerações continuam com as atividades suspensas.  As pousadas passam a ser permitidas nos mesmos moldes dos hotéis, com restrição de capacidade. Pode-se utilizar no máximo 40% da capacidade e sem uso da área de lazer, restaurantes e áreas comuns. Só é permitida a hospedagem para fins de trabalho, o turismo está proibido.

Sobre as igrejas, Marques adiantou que será dedicado um estudo para a possibilidade de reabertura das igrejas nesta próxima semana, assim como o retorno de alguns servidores públicos em atendimento presencial.

O transporte público deve ser retomado de acordo com a demanda nesta semana. A Prefeitura já notificou a empresa Mirage para que calculem a necessidade de cada região e disponibilizem novos carros para atenderem os trabalhadores que retornam às suas atividades.

Kit merenda

Após uma problema com os fornecedores do Kit Merenda, que deveria ter sido entregue neste mês para as famílias dos alunos da rede municipal de ensino, Marques ressaltou que na segunda-feira (1º) será aberto um processo licitatório para a aquisição dos kits.