Quais foram os carros mais procurados em 2021 no Brasil

O mercado automotivo no país ensaia, aos poucos, uma retomada em comparação com o caótico ano de 2020. No entanto, entre as montadoras que atuam em nosso país, existem alternativas que têm diversos motivos para comemorar os números do primeiro semestre deste ano.

Com uma dobradinha, a Fiat alcançou uma incrível marca. Para se ter uma ideia, a picape Strada e o hatch Argo estão no topo da lista entre os automóveis mais comercializados de junho. O mais interessante é que elas estão bastante distantes da concorrência, o que prevê uma possibilidade de hegemonia pelos próximos meses.

Saiba mais detalhes sobre quais foram os carros mais procurados em 2021 no Brasil.

Cenário de vendas no Brasil

Somente no último mês, a Strada emplacou 9.697 veículos. Já o Argo comercializou 9.382 unidades. O Hyundai HB20 conseguiu a terceira posição, com 7.609 automóveis vendidos. As informações foram divulgadas pela Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores).

Ao analisar as negociações acumuladas do ano, a situação da picape da Fiat é ainda mais estável. A Strada comercializou 61.064 veículos apenas nos primeiros meses de 2021. No segundo lugar, é possível encontrar o Hyundai HB20, com 45.408 veículos vendidos.

Apesar da Fiat está conseguindo driblar os momentos ruins que dominaram o segmento automotivo, o cenário não é o mesmo para a Chevrolet.

Com as produção interrompida e com o retorno sem uma data concentrada, o hatch Onix comercializou somente 2.532 vendas em junho e não conseguiu registrar a sua presença no ranking dos automóveis mais comercializados de junho. No total, o veículo mais comercializado do país, desde 2015, conseguiu vender 41.510 automóveis, impedindo que superasse o Hyundai HB20 e o Fiat Argo.

Mas o obstáculo para a Crevrolet não afeta somente o hatch. Conforme as informações divulgadas pela Fenabrave, o sedã Onix Plus comercializou somente 1.525 veículos em junho.

Para piorar a situação, o SUV Tracker teve uma performance baixa, com 990 veículos comercializando, bastante distante dos seus principais concorrentes, como

Jeep Renegade (7.504 carros vendidos) e do Hyundai Creta (5.902 carros vendidos).

Comercialização de veículos novos

A comercialização de veículos novos teve um aumento de 38,1% no comparativo entre junho de 2021 e junho do ano passado. As vendas foram 169.589 (2021) e 122.745 (2020).

Nunca é demais deixar claro que o cálculo é feito com a somatória entre veículos e comerciais leves.

Ao comparar com os 175.391 automóveis comercializados em maio de 2021, junho registrou uma redução de 3,3%.

Na comparação entre a performance do primeiro semestre deste ano com a mesma fase de 2020, foram apresentados os seguintes dados: 1.006.685 e 763.222. O aumento foi de 31,9%.

Compra de veículos

Sem dúvidas, esse é um ótimo momento para adquirir um novo veículo. No entanto, grande parte das pessoas prefere dar preferência para carros novos. Para conseguir preços mais atrativos, vale a pena optar por automóveis seminovos.

Ao contrário do que muita gente imagina, um carro seminovo traz diversos benefícios para o cliente, como: segurança, permanência de garantia, motores com mais economia, mais possibilidade de negociação, menos custos com documentação, entre outros.

Vale a pena conhecer empresas que são referências no mercado para tomar uma decisão mais assertiva para o seu bolso e para a sua rotina. 

Antes de escolher um carro seminovo, evite os automóveis que estão fora de linha, pense em todos os detalhes, e não somente no preço do carro, além de ter um cuidado especial na hora do test drive.

Após descobrir quais foram os carros mais procurados em 2021 no Brasil, siga-nos nas redes sociais e acompanhe outras notícias importantes para a sua rotina.