Saneaqua comemora 10 anos de atuação em Mairinque

A Saneaqua comemora 10 anos de atuação em Mairinque nessa segunda, dia 05 de outubro, mesmo mês que a cidade celebra 130 anos de existência. Com R$ 45 milhões já investidos em saneamento básico no município, a concessionaria responsável pelos serviços de água e esgoto tem orgulho de apresentar avanços expressivos, entre eles a universalização do sistema de abastecimento de água, redução do índice de perdas de água quase pela metade e obras para ampliação do sistema de esgotamento sanitário.

Em 10 anos de trabalho, a Saneaqua já conseguiu reduzir o índice de perdas de água de 56% para os atuais 30%, o que representa uma economia mensal de mais de 80 milhões de litros de água para os moradores da cidade, e atualmente 100% da área de cobertura do contrato de concessão recebe água tratada e de qualidade. Bairros como o Dona Catarina tiveram suas redes de água expandidas, na Vila Sorocabana, tubulações antigas de ferro foram substituídas por novas e de PEAD, material de qualidade superior, um novo poço em Moreiras foi perfurado para ampliação do abastecimento da região, cinco novos reservatórios foram construídos, a Estação de Tratamento de Água foi totalmente reformada, o sistema de abastecimento foi automatizado e a Represa do Fiscal, principal captação de água bruta do município foi revitalizada.

Além disso, a construção da primeira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Mairinque, no Jardim Vitória, segue com obras aceleradas. A fase atual é de montagem mecânica, com a previsão de entrega da primeira etapa, que vai tratar 40% do esgoto do município, a partir de janeiro de 2021.

Os avanços foram possíveis graças aos R$ 45 milhões investidos pela concessionária no município. “Nosso propósito é transformar a vida das pessoas garantindo água e saneamento de qualidade. Temos um compromisso com a cidade e nosso principal objetivo agora é a universalização da coleta e tratamento de esgoto”, explica Fernando Mangabeira, diretor da Saneaqua.

O que nos impulsiona é o reconhecimento dos clientes, além da nossa própria satisfação de de­ver cumprido, transformando de fato a vida da população de Mairinque, ressalta o diretor. 

Redução do índice de perdas

A redução do índice de perdas de água é fruto de um trabalho contínuo realizado pela concessionária na cidade. De acordo com a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de 3,3 mil litros de água por mês (cerca de 110 litros de água por dia para atender às necessidades de consumo e higiene).

Com a redução, Mairinque passou a economizar por ano mais de 960 milhões de litros de água, o suficiente para abastecer aproximadamente 13 mil pessoas nesse mesmo período. Isso foi possível devido aos investimentos na modernização de redes, trabalho intenso de mapeamento de áreas mais sensíveis e um corpo técnico que aplica tecnologia para identificar vazamentos.

O trabalho de controle de perdas feito pela Saneaqua ocorre por meio de ações periódicas como a busca sistemática por vazamentos não visíveis, setorização das regiões de abastecimento, instalação de válvulas reguladoras de pressão, troca de redes antigas por novas, implantação do cadastro técnico, renovação do parque de hidrômetros, substituição de ligações antigas e medição de descargas preventivas. Elas vão ocorrer durante toda a concessão, uma vez que essa é uma atividade rotineira e contínua.

Obras para ampliar os serviços de esgoto

A construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Mairinque é um importante benefício ambiental para a cidade, pois acolhe afluentes do Ribeirão Varjão, que deságua no Rio Sorocaba. A obra está em fase final com um projeto que optou por uma tecnologia terciária, que proporciona tratar gradativamente o esgoto captado na área de concessão em Mairinque e evita o despejo de esgoto in natura nos córregos e cursos d´água da cidade.

Além da instalação da ETE, a ampliação do sistema de esgotamento sanitário da cidade também conta com implantação de redes coletoras, construção de cinco estações de bombeamento localizadas nos bairros Jardim Vitória, Nova Mairinque, Residencial Parque, Sorocabana e operação de uma estação de maior porte também localizada no Bairro do Vitória, que conduzirá os efluentes para a Estação de Tratamento.

Essa primeira fase de investimentos do Sistema de Esgotamento Sanitário de Mairinque está prevista para terminar no final de 2020 e será responsável por coletar, afastar e tratar todo o efluente gerado nos bairros Vila Sorocabana, Jardim Cruzeiro, Nova Mairinque, Cecap, Residencial Parque, Jardim Nova Esperança e Vitória, locais onde já passaram as redes coletoras e elevatórias de esgoto dessa etapa das obras.