Sustentabilidade: Parque Maeda realiza plantio de quase 1.800 árvores e plantas

Em 2020, complexo de lazer de Itu (SP) fez a destinação correta de 77.500 kg de lixo, quantidade correspondente a 845 árvores não cortadas e redução de 123,6 toneladas de CO2

O Parque Maeda, localizado em Itu (SP), já realizou neste ano o plantio de quase 1.800 árvores e plantas. O objetivo foi revitalizar a área verde e contribuir com o meio ambiente. Além de oxigenar o ar, a vegetação oferece frescor e abrigo em dias de sol mais intenso. A paisagem natural também é altamente favorecida.

As plantas são da espécie podocarpus, muita usada em cerca viva. Já as árvores foram adquiridas já crescidas, com idades que variam de 2 a 5 anos, aproximadamente, e são das espécies Resedá (Lagerstroemia Indica), Pau-Mulato (Calycophyllum Spruceanum), Sibipiruna (Caesalpinia Pluviosa), Ficus Variegata, Iritiba, Jequitibá-Branco e Paineira Rosa (Ceiba Speciosa).

Ações sustentáveis: energia solar e reciclagem de lixo

Em 2020, a energia solar gerada pelo local foi de 88 Megawatt-hora (Mwh), que equivale a 88 mil Kilowatt-hora (Kwh). Se esta energia gerada fosse traduzida em árvores plantadas, por exemplo, seriam 137 exemplares. O Maeda possui placas solares que transformam a luz do sol em energia.

Também no ano passado, o complexo de lazer fez a destinação correta de 77.500 kg de lixo ao Grupo Salmeron, que realiza a trituração e extinção total dos resíduos. Essa quantidade de lixo reciclado equivale a 845 árvores de eucalipto não cortadas, redução de 123,6 toneladas de emissões de CO2 na atmosfera, geração de 233.913 kWh de energia renovável e economia de 152 m³ de aterro.

Para se ter ideia da importância desta iniciativa do Maeda, se esta quantidade de lixo não tivesse disso destinada à empresa Salmeron, ela iria para um aterro sanitário – local considerado um grave problema de saneamento público por estocar grande quantidade de entulho e contaminar o meio ambiente. O Parque Maeda possui o Certificado de Preservação Ambiental do Programa Aterro Zero Salmeron.