XP faz aporte no Fundo JBS pela Amazônia para apoiar projeto que facilita crédito para bioeconomia

Investimento de R$ 500 mil vai ajudar a destravar recursos para os empreendedores que atuam no bioma. Fundo aportará o mesmo valor. 

A XP Inc., plataforma líder em serviços financeiros no Brasil, anuncia a doação de R$ 500 mil para um dos seis primeiros projetos apoiados pelo Fundo JBS pela Amazônia, dedicado a financiar iniciativas que visam ao desenvolvimento sustentável do Bioma Amazônico, promovendo a conservação e o uso sustentável da floresta, melhoria da qualidade de vida da população da região e o desenvolvimento com uso de tecnologia e ciência aplicada. Seguindo o compromisso anunciado na criação do Fundo, em setembro do ano passado, a JBS igualará a contribuição recebida de parceiros, como a XP Inc., até atingir o valor de R$ 500 milhões. O objetivo do Fundo, até 2030, é totalizar R$ 1 bilhão em recursos.  

“O aporte da XP Inc. será fundamental para alavancar as iniciativas que estamos apoiando”, afirma Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo JBS pela Amazônia. “A chegada de uma empresa com a relevância da XP é mais uma prova de que o Fundo JBS pela Amazônia pode e deve se tornar um dos grandes motores do desenvolvimento sustentável da Amazônia.”    

A XP Inc. apoiará o projeto Destravamento de Crédito para Bioeconomia da Floresta, criado e implementado pela Conexsus, que busca fomentar cadeias da floresta – castanha, açaí, pescado, madeira, óleos e resinas – por meio da facilitação de acesso ao crédito rural. A iniciativa prevê a contratação e treinamento de ativadores locais para viabilizar ao menos 2.500 contratos de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF). O projeto vai desenvolver também um modelo de negócios para 15 cooperativas que darão assessoria periódica em gestão aos beneficiários finais do projeto. O resultado será a criação de um negócio social para apoio no acesso ao crédito Pronaf com orientação produtiva, fomentando as cadeias de bioeconomia. O aumento de produtividade e renda serve como estímulo para prevenção do desmatamento. 

“Desde a criação da nossa diretoria, há um ano, temos avançado fortemente numa agenda de ações que contemple os três pilares da sigla em inglês: meio ambiente, social e governança. Essa agenda contempla iniciativas internas com o olhar para a própria XP, na sensibilização do tema junto à nossa rede de escritórios autônomos, bem como na oferta de inúmeros produtos de investimentos com alguma pegada socioambiental. O apoio ao Fundo JBS pela Amazônia está dentro dessa série de iniciativas e é motivo de grande satisfação por se tratar do bioma símbolo do Brasil e cuja preservação é urgente”, destaca Marta Pinheiro, diretora ESG da XP Inc. 

No início de junho, o Fundo JBS pela Amazônia anunciou os seis primeiros projetos selecionados para receber apoio e financiamento. Todos desenvolvem ações de conservação e preservação da floresta, melhoria da qualidade de vida das comunidades locais e desenvolvimento científico e tecnológico da região. Em conjunto, receberão R$ 50 milhões do Fundo. Para conhecer mais detalhes sobre o Fundo JBS pela Amazônia e os primeiros projetos apoiados, visite: https://fundojbsamazonia.org/