Divisão do Meio Ambiente realizou apresentação do Programa Município Verde Azul na Câmara Municipal

A Divisão de Meio Ambiente do Departamento de Planejamento da Prefeitura da Estância Turística de São Roque, realizou na quarta-feira (21), no plenário da Câmara Municipal, a apresentação do “Programa Município Verde Azul”.

Na oportunidade também foi realizada a comemoração em homenagem ao “Dia Mundial da Água” que acontece em 22 de março.

O prefeito Claudio Góes abriu o evento destacando a importância das ações realizadas pela Divisão de Meio Ambiente que culminaram com a subida de São Roque no ranking 2017 do Programa Município Verde Azul. Reafirmou o compromisso de seu governo com a questão ambiental, já que grande parte do município é coberto pela mata atlântica.

O Gestor da APA de Itupararanga, Waldmir Gomes Moreira, destacou a importância de se comemorar o ”Dia Mundial da Água” e o trabalho realizado pela APA no sentido de preservação da represa, além de salientar o quão importante é desenvolver ações de conscientização sobre o papel fundamental que terá a comunidade na conservação dos mananciais visando a sobrevivência das gerações futuras.

Participaram da solenidade a primeira dama, Mazé Barros, o presidente da Câmara Municipal, Niltinho Bastos, o gerente de Divisão Regional da Sabesp, Adriano José Branco, o presidente do Condema, Ari Medina Santiago, diretores de departamento da prefeitura, vereadores, membros do CCI e população em geral.

São Roque subiu 304 posições no ranking 2017 do “Programa Município Verde Azul”, passando da 588ª colocação em 2016, para a 284ª colocação entre os municípios paulistas em 2017, com nota 27,21.

O Programa foi lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios. O principal objetivo é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado.