Bia Haddad fará final de duplas na Austrália contra campeãs olímpicas | Esporte

A paulista Bia Haddad está a apenas uma partida de conquistar o título de duplas do Aberto da Austrália, em Melborune. Ao lado da parceira cazaque Anna Danilina, Bia assegurou vaga na final ao derrotar as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara por 2 sets a 1 (parciais de 6/4, 5/7 e 6/4) na semifinal ontem (26) à noite. Esta é a primeira vez que uma brasileira é finalista do Grand Slam australiano desde 1968, quando teve início a Era Aberta. Antes, em 1960, Maria Esther Bueno se tornou a primeira mulher do país ao faturar o torneio de duplas. 

“Mais um jogo difícil. Não foi fácil sacar no 5/4 e perder match point, realmente senti a pressão, mas feliz que não me frustrei. Só olhei pra Anna e falei ‘Vamos pro próximo’. Muito feliz de ter tido uma segunda chance e é isso que eu quero levar pros meus próximos jogos”, disse Bia, de 27 anos, logo após o duelo. 

Para levantar a taça no primeiro Grand Slam da temporada, a parceria Brasil-Cazaquistão terá de superar as atuais campeãs olímpicas. As tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova se classificaram à final ao ganharem com tranquilidade a outra semi, contra a dupla da belga Elise Mertens com a russa Veronika Kudermetova por 2 sets a 0 (parciais de 6/2 e 6/3). No ano passado, Krejcikova e Siniakova foram vice-campeãs em Melbourne.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues Fonte: EBC Esportes

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados