Jairzinho Rozenstruik e Ciryl Gane fazem luta principal do UFC neste sábado

Foto: MMA Brasil

Neste sábado, 27, ocorrerá o UFC APEX, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Mais um grande evento válido pelo UFC. Jairzinho Rozenstruik e Ciryl Gane, algozes de Junior Cigano fazem luta principal.

Jairzinho Rozenstruik é um lutador de Suriname que possui 32 anos de idade. Tendo iniciado sua carreira profissional no MMA em 2012, Jairzinho conta com 12 lutas em seu cartel, tendo saído vitorioso de 11 delas e tendo sido derrotado uma vez.

A base principal de Bigi Boy, como é chamado, vem do Kickboxing, onde ele competiu profissionalmente de 2009 a 2017, somando 76 triunfos, 8 derrotas e um empate.

Apenas em seu cartel pelo MMA, o lutador soma 10 triunfos por nocaute e um por decisão dos jurados. A única derrota de Bigi Boy aconteceu no UFC 249, em maio do ano passado, ao ser batido por Francis Ngannou por nocaute técnico, o que tirou a invencibilidade do lutador no MMA.

Rozenstruik estreou no UFC somente em fevereiro de 2019, derrotando o brasileiro Júnior Albini por nocaute técnico. Antes disso, passou por eventos como o Draka, AIF, Fighting With The Stars, Rizin e Team Yvel.

De 2019 a 2020, ele empilhou 5 triunfos e uma derrota no UFC de Dana White. O seu combate mais recente ocorreu em agosto de 2020, ao bater Júnior dos Santos, o Cigano, por nocaute técnico no UFC 252.

Dessa forma, visando ganhar ainda mais respeito e espaço dentro do UFC, o número 3 do ranking dos pesos-pesados vai em busca de mais um triunfo.

Ciryl Gane é um lutador francês que possui 30 anos de idade e é o atual número 7 do ranking dos pesos-pesados do UFC. Ele iniciou sua carreira profissional no MMA somente em 2018.

Até o momento, Gane possui um cartel de invejar, com apenas 7 combates disputados, venceu todos eles. De seus triunfos, 3 foram por nocaute, 3 por finalização e um por decisão dos juízes.

Em sua estreia no UFC, Bon Gamin, como é chamado, bateu o brasileiro Raphael Pessoa por finalização ainda no primeiro round, em agosto de 2019.

Já em seu único combate disputado em 2019, Ciryl bateu o também brasileiro Júnior Cigano, por nocaute técnico.

Além de possuir um ótimo cartel até aqui, é um lutador muito habilidoso que utiliza várias técnicas para vencer suas lutas. Agora, visando melhorar sua colocação no ranking dos pesos-pesados e buscando uma consolidação ainda maior dentro da organização, irá com tudo para dificultar e tentar bater mais um adversário.

Tudo sobre o mundo do UFC e das apostas você encontra no site Academia de Apostas Brasil.