Revista France Football anuncia que não haverá o tradicional prêmio “Bola de Ouro” neste ano

A revista France Football anunciou oficialmente, nesta semana, que a Bola de Ouro, tradicional prêmio entregue aos melhores do mundo no futebol de cada ano, não será concedida em 2020. De acordo com a publicação, o cancelamento se deu em razão do contexto excepcional provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Em nota, a organização da Bola de Ouro justificou que 2020 não pode ser tratado como “um ano comum” e que o prêmio se preocupa, além dos aspectos esportivos, com valores como solidariedade e responsabilidade.

A revista argumentou ainda que, por conta dos adiamentos e cancelamentos provocados pela pandemia, seria impossível fazer um julgamento adequado do trabalho dos jogadores e das jogadoras neste ano. A amostragem se reduziu muito, não apenas em razão dos meses sem jogos, mas também em virtude de mudanças no formato dos torneios — a reta final da Liga dos Campeões, principal campeonato de clubes do mundo, será disputada em sede e em jogos únicos.

Os ganhadores da Bola de Ouro no ano passado foram o argentino Lionel Messi, dono de seis prêmios entre os homens, e a americana Megan Rapinoe, campeã mundial com seu país na Copa da França.