Álcool gel poderá ser vendido a preço de custo nos supermercados a partir desta segunda, 23

O movimento nos supermercados paulistas cresceu mais uma vez nesta quinta-feira (19/3), segundo levantamento feito pela Associação Paulista de Supermercados – APAS, com seus associados. A venda nos supermercados paulistas aumentou 48,5% (dia 19), em comparação com o dia 20 de fevereiro (também uma quinta-feira). Veja gráfico abaixo.

Movimento nas regiões do Estado

A velocidade da procura na última quinta-feira, 19, se deu em um ritmo menor que nos dias anteriores. O abastecimento continua normal até o momento, apenas com falta de produtos de maneira pontual, apesar do crescimento no movimento.


Já o abastecimento do álcool em gel, que ainda é um dos produtos mais procurados, poderá ser vendido pelo preço de custo a partir deste dia 23 de março, pelos supermercados do Estado de São Paulo que aderirem a essa atitude de cidadania e responsabilidade social.

Segundo o presidente da APAS, Ronaldo dos Santos, os supermercados não se furtarão em colaborar com a saúde dos consumidores. A maioria dos associados inclusive já se mostrou favorável a essa ação.

O abastecimento do álcool em gel poderá ter uma produção mais rápida, de acordo com decisão da Anvisa de liberar a fabricação sem prévia autorização.